Resenha #159: A noiva devota

Título: A noiva devota
AutorMari Scotti
Nº de Páginas: 162

Nascer um Hallinson jamais foi tão promissor como em sua geração, no entanto, carregar esse sobrenome era ao mesmo tempo uma dádiva e uma maldição para os herdeiros do amor lendário de Mical e Octávio. Tudo porque Madascócia tornou-se a cidade do casal que venceu uma maldição. Muitos curiosos passaram a visitá-la em busca de felicidade, amor eterno, casamentos duradouros e a solução para seus dilemas. Além das inúmeras superstições como passar pela sombra de um Hallinson; lançar cartas ao rio Llyin que corta a Mansão de Bousquet; as donzelas e matriarcas almejavam matrimônio com um dos jovens herdeiros.Tentando adiar ao máximo esse desfecho, Samuel prolongou os estudos, mas, a saudade de uma donzela o faz retornar para casa antes do previsto. É em um baile que todos os seus planos de a cortejar ruem. Flagrado em uma situação comprometedora, vê-se obrigado a se casar.Ela sempre soube como se esconder da sociedade, como passar desapercebida entre as pessoas e não chamar atenção. Não que fosse complicado, ela era a mais nova das filhas, a menos formosa de sua casa. A que nasceu com uma ofensiva deficiência. Por acreditar que jamais seria notada, Rosalina guardou um grande segredo: seu amor por Samuel Hallinson. O que ela não esperava era cruzar o caminho do rapaz em um dos momentos mais constrangedores de sua vida e mudar seus destinos bruscamente.

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Ano passado tive minha primeira experiência de leitura com um dos livros da Mari Scotti e simplesmente adorei! Recentemente li outro livro da autora, o segundo livro da série Família Hallinson! Que tal conferir o que achei da leitura de “A noiva devota”?



Neste livro Mical e Octávio dão lugar à história de amor de Samuel e Rosalina. Ele é o filho mais novo do casal, mas isso não diminui o interesse das matriarcas em casá-lo com suas filhas solteiras. Este não tem planos de se casar tão cedo, apesar de nutrir sentimentos por uma certa lady.

Em um baile este vê o seu futuro mudar quando é pego em uma situação comprometedora com uma donzela – Rosalina Acker. A moça estava com falta de ar, devido a um corpete um número menor que o seu e Samuel a salva, mas, quem acreditaria naquela história?

Samuel, apesar do choque inicial, resolve usar a oportunidade para se aproximar da irmã da moça, Isabel Acker, mas, o que ele sequer imagina é que Rosalina sempre nutriu os sentimentos mais sinceros por ele.

Eu amava Samuel Hallinson desde minha meninice, casar-me comele era tudo o que sempre desejei, mas meu anseio incluía um olhar devoto, palavras de paixão e promessas de amor eterno. Não a obrigatoriedade social devido a uma situação que ele não teve culpa.

É com o desenvolvimento desse noivado forçado por um mal entendido que vemos nossa história se desenrolar. O que a primeira vista parecia simples e de fácil solução transforma-se em uma trama envolvente, cativante, onde nossos personagens terão que se descobrir e entender seus sentimentos para que possam ser felizes.


Faltam-me palavras para começar a falar deste livro! Sabe quando você escolhe um livro despretensiosamente e quando começa a ler se depara com uma história que te prende, cativa, que te ganha na simplicidade e nos detalhes? Pois bem, esta foi uma destas leituras! Vai ser difícil expressar tudo o que senti ao lê-la, mas vamos tentar! ra

Quando me deparei com a premissa de Rosalina pela primeira vez, achei que ia ser uma personagem morna, que aceitaria tudo do homem que amava, simplesmente por amá-lo. Quão enganada estava! Esta é uma daquelas personagens que cresce ao decorrer da trama, cativando o leitor e fazendo com que fiquemos na torcida por sua felicidade. É uma moça boa, inteligente, bela, mas, que se sente inferiorizada por um encurtamento em sua perna direita. Ela sempre nutriu uma paixão por Samuel, mas, apesar de todo esse amor, não está disposta a se fazer infeliz apenas para ficar com ele – seu amor próprio vem primeiro.

Samuel é um rapaz bom, honesto, gentil, mas que ainda não conseguiu se decidir em relação ao rumo que irá tomar em sua vida. A única coisa que ele acredita ter certeza é em relação ao seu sentimento por Isabel Acker. Imaginem o que ele sente quando devido a um mal entendido ele acaba noivo da irmã mais nova da mulher. Em alguns momentos entendemos sua frustração com a situação, já em outros, temos vontade de soca-lo para ver se ele enxerga o que está diante de seus olhos! Rs

Em relação aos dois como casal, de início fiquei com receio de que não surgiria química, mas, com o passar das páginas vamos acompanhando esses personagens se conhecendo, se identificando e claro, descobrindo as sensações do amor, do primeiro amor. Isso é simplesmente incrível! A delicadeza com a qual os sentimentos dos dois vão surgindo, os pequenos gestos que fazem os corações darem saltos e até o primeiro toque, tudo é simples e encantador, fazendo com que suspiremos em cada momento. Ver a evolução e amadurecimento dos dois individualmente e como casal no decorrer da leitura é simplesmente fantástico!

Além desses dois personagens muito bem desenvolvidos e marcantes, ainda temos a presença do casal anterior e de personagens secundários incríveis, com extrema relevância na trama e em nossos corações, já que até um shipp surge e passamos a torcer por ele! Rs

Estou simplesmente apaixonada pela escrita da Mari e mal posso esperar pelo próximo livro desta série! Sua escrita é extremamente fluida e cativante, nos brindando com uma trama delicada e envolvente, que desperta nossas emoções, lágrimas, risos e sorrisos. Esta é uma daquelas histórias que nos despertam um enorme carinho e é por isso que a indico hoje para vocês.

Bem pessoal, esta foi a indicação de hoje e espero de coração que tenham gostado! Não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!


19 comentários:

  1. Oi Pollyanna, tudo bem? A premissa do casal realmente parece boa e adoro livros do gênero! Li até agora um livro da Mari Scotti, O cobiçado e gostei bastante, já quero ler esse também!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não conhecia a obra e nem muito menos a autora. Mas sua resenha foi tão apaixonante de ler que despertou minha curiosidade. Não só sua resenha, mas o enredo também me fez querer ler essa obra. Vou anotar o nome dela, para olhar para ela com mais carinho em uma livraria.

    @leitoraconectada

    ResponderExcluir
  3. Só pela resenha eu já fiquei envolvida e já achei o enredo cativante. Fiquei curiosa pelo desfecho de Samuel e esse triangulo amoroso que vive sem querer. Nunca li nada da Mari, mas anoto a sua indicação, espero ler em breve.

    Abraços
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Polly!

    Tudo bem? Acho que não conheço o livro, mas fiquei super interessada depois da sua resenha, de verdade. Achei a premissa bem instigante, sabe? É bom saber que a narrativa te cativou! É ótimo (e desesperador!) quando terminamos um livro já queremos o volume seguinte porque significa que o/a autor/a realmente nos "pegou de jeito".

    Que bom que o receito com o romance foi totalmente deixado pra trás e o casal te conquistou, é difícil continuar uma leitura quando isso não acontece (passei por isso faz bem pouco tempo!).

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Achei uma graça a capa do livro, muito bonito! E fiquei encantada com a história! Um casamento que acontece por uma situação mal interpretada e a história que nasce a partir daí! A moça já gostava do rapaz, embora não se achasse digna do amor dele, e o rapaz que não está preparado para o casamento, muito menos com uma moça que ele não escolheu. A trama parece ser bem feita e os personagens secundários interessantes!
    Bjoxx

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Eu li alguns outros livros da Mari, mas estes ainda não tive a oportunidade. Aliás, ando fugindo de romances de época, porque eu não consigo gostar desse gênero, infelizmente. Mas está anotado aqui. Vai que né, rs.

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei as fotos do post, ficaram lindas! Não conhecia a autora e achei muito bacana da parte dela colocar uma personagem especial fisicamente falando, geralmente estamos acostumadas com personagens perfeitinhas e esquecemos que o mundo é plural demais para nos prendermos a isso, adorei a dica.

    ResponderExcluir
  8. Que lindas as fotos que colocou na resenha. Eu li Montanha da Lua, primeiro dessa série, e fiquei super contente ao ver que teríamos mais livros sobre a família. Pelo seu post, parece que esse livro é um romance muito bom, já gostei dos personagens principais.

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li nenhum livro da autora, embora sempre vejo resenhas elogiando o estilo que parece sempre ganhar o leitor. Esse enredo parece ser bem gostoso de acompanhar. Além de apaixonante como vc demonstra, senti que é bem divertido e dinâmico também. Adorei a dica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  10. Conheço a autora mas nunca li nada dela.
    Esse romance parece ser curtinho e pela sua resenha, muito bom, então acho que é um belo primeiro passo!
    Dica mais que anotada!
    obrigado!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já vi sobre esse livro e parece ser uma história fantástica. Ainda não tive oportunidade de ler nada da Mari, mas ainda pretendo realizar a leitura. Principalmente por ser uma autora que vem se destacando com uma dinâmica bem legal com seus personagens.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    A Mari é uma escritora incrível que começou de baixo e voce percebe a evolução da escrita dela em cada obra publicada. Ela é nossa parceira do blog e quem está lendo essa série é a Ana e ela é completamente apaixonada!
    Eu tenho o objetivo de ler esses livros em breve, mas o problema é que eu to meio afastada dos livros de época, por isso, ainda não tive a oportunidade de ler.
    Adorei a sua resenha, bem completa e sincera!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  13. Oie!

    Eu nunca li nada dessa autora, mas sou simplesmente apaixonada pelas capas das obras dela, são uma mais linda que as outras, sobre esse livro em si, já li muitas resenhas positivas sobre que quando bater a oportunidade com certeza irei compra-lo para ler, acredito que irei adorar a experiencia!

    Bjss

    ResponderExcluir
  14. Olá Polly!
    Já tive o prazer de ler esse livro e eu me encantei completamente com essa história e com os personagens. Eu também pensei que eles teriam problema com a química, mas eu me surpreendi com a forma como a autora conduziu a história e achei tudo muito bem trabalhado. Eu só não gostei tanto da forma como Samuel age, mas amei quando ele cresce e mostra como realmente é.
    Adorei sua resenha.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?

    Eu não conhecia o trabalho dessa autora, mas fiquei bem curiosa com essa série. Eu adoro romances de época e esse parece ser ótimo. A premissa é um pouco diferente do que estou acostumada, já que o mocinho, na maior parte das vezes, não quer casamento nenhum e acaba se encontrando em situação comprometedora. Por outro lado, esse é apaixonado pela irmã mais velha da mocinha, então complica ainda mais, já que ele não terá como se casar com a "amada".
    Mas gostei de saber que, apesar da Rosalina ser apaixonada por ele há muito tempo, não é daquelas protagonistas submissas que fazem tudo pelo amor. Ela, acima de tudo, tem amor próprio. Eu fiquei bem curiosa sobre como a autora desenvolver esse romance.
    É legal ver escritoras nacionais ganhando espaço e esse parece ser um ótimo livro. Fiquei bem curiosa para ler logo! <3

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Oi.

    A Mari tem uma escrita tão Boa, que eu me apaixonei por esse livro. Li os dois, é adorei cada um dos livros. No começo pensei que não gostaria da leitura, mas fui surpreendida durante a leitura com a qualidade na narrativa e a trama envolvente e apaixonante.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Da Mari até hoje eu só li o romance O Cobiçado, mas morro de vontade de ler seus livros de época.
    Pela sua resenha dá pra perceber que ela escreve super bem a história, e é daquelas qu enão tem como a gente se apaixonar.
    Espero ter oportunidade de ler mais livros dela esse ano.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Primeiramente gostaria de parabenizar pela resenha e pelas lindas fotos,eu ainda não li nada da autora, mas estou com tantos livros genero da minha listinha que simplesmente não sei se leria ele no momento, mesmo tendo gostado bastante da ideia central da trama... Quero variar um pouco nos generos,antes que me sinta estagnada...

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Faz um tempo que não leio autores nacionais e Mari é uma autora que tenho grande curiosidade. Tenho o primeiro volume dessa série no Kindle, mas ainda não tive tempo para ler, quero mudar isso muito em breve, pois me parece o tipo de leitura que irei curtir bastante.

    Beijos!

    ResponderExcluir