Resenha #170: A mulher entre nós


Título: A mulher entre nós
AutoresGreer Hendrieks e Sarah Pekkanen
Editora: Companhia das Letras
Nº de Páginas: 347
Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard – bem sucedido, protetor, o homem dos sonhos – ela finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, ela começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém está perseguindo a, alguém quer o seu mal. Mas quem?
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje vamos conhecer um pouco A mulher entre nós, um dos thrillers publicados recentemente pela Companhia das Letras, que tem agradado muito ao público literário! Que tal conferir um pouco sobre minha experiência de leitura?

"Quando você ler este livro, vai fazer várias suposições. Vai supor que está lendo sobre uma ex-mulher ciumenta e obcecada. Vai supor que está lendo sobre uma jovem prestes a se casar com o homem que ama. Vai supor que a primeira mulher era um desastre, e que o marido fez bem em se livrar dela. Vai supor que conhece os motivos, a história e a dinâmica desses relacionamentos. Chegou a hora de parar de fazer suposições. Prepara-se para a leitura da sua vida." 
Esse trecho acima é o texto da contracapa do livro, que já me deixou super curiosa e instigada. O que não faz um pequeno texto bem elaborada na contracapa, certo?

Aqui somos apresentados a Vanessa, recém-divorciada de Richard, tentado se reerguer e se acostumando com sua nova vida morando com sua tia. Sem luxos, sem dinheiro e totalmente obcecada quando descobre que Richard irá se casar novamente.

Conhecemos também Nellie. Professora de educação infantil, natural da Flórida. Veio para Manhattan para recomeçar sua vida e mudar de ares, apesar de ser persecutória, dorme mal e está sempre alerta. Conhece Richard em um avião e se apaixona perdidamente por ele e por tudo o que ele passa para ela: perfeição e proteção.

E claro, temos Richard, o marido perfeito: rico, bonito e protetor. Mas... será que ele realmente é isso tudo?! Será que tudo tão perfeito assim? 

Mas a mais íntima das relações não deveria ser um porto seguro, em que a pessoa conhecia todos os segredos e os defeitos da outra e a amava mesmo assim?
Estes são alguns questionamentos que surgem logo no início do livro, quando temos contato com suas primeiras páginas. Nellie sabe que houve uma primeira esposa, entretanto Richard não comenta sobre o assunto, o que faz com que se sinta insegura. 
O enredo construído neste livro é bem enganador e surpreendente, fazendo jus ao texto da contracapa: conforme a lemos, temos a sensação de algo, sabemos que algo errado, mas não é bem do jeito que a gente pensa.

Para mim, o ritmo de leitura flui muito bem, tornando a leitura prazerosa e rápida. A escrita, a forma como tudo foi construído e se desenvolve é bem viciante. A escrita das autoras me agradou muito e os capítulos são em primeira pessoa, alternando os pontos de vista de Vanessa e Nellie, o que nos dá um panorama completo da obra, sendo este um dos seus pontos positivos.

É dificil escrever uma resenha deste livro sem soltar spoiler, e por um tempo achei que o livro era sobre a dualidade: Nellie, a nova esposa, jovem e bonita versus Vanessa - a ex-esposa presa ao passado. Mas é muito mais que isso e traz um assunto muito em voga no mundo literário (e fora dele, também) que é o relacionamento abusivo, cabendo também uma vasta discussão sobre saúde mental.

O que posso dizer – e recomendar – é que você dê uma chance à esse livro. Se deixe surpreender! Mas, se aceitam um último conselho,  faça isso em um fim de semana ou feriado prolongado para não ir ao trabalho após ter virado a noite lendo com a clássica frase " Só mais um capitulo"....estou avisando!!! É uma leitura completamente viciante e você não conseguirá largar antes do fim!

Resenha por Ana Carolina

9 comentários:

  1. Terminei de ler esse livro no finalzinho de maio e confesso que me surpreendi, mesmo esperando um desfecho mais elaborado, mas ele me ganhou pelo tanto que ele me enganou e se tem uma coisa que aprendi com ele é que em um thriller nunca devemos confiar no narrador.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente adoro esse tipo de livro que engana o leitor, kkkkkk. Adoro ser surpreendida, e são sempre leituras excelentes quando isso ocorre. Ainda não tive oportunidade de ler essa obra, mas já está nos meus desejados!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelo aviso, eu to com esse livro aqui e to planejando ler tem uns dias, mas se vai me fazer virar a noite é melhor eu me preparar ne? Achei bacana saber que além de tudo ele aborda saúde mental, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Tenho lido muitos elogios para este livro e a cada nova resenha positiva, minha curiosidade aumenta. Não tenho muita experiencia com suspense, então tudo pode me surpreender. Amei a dica de ler em um feriado prolongado... rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Detesto essa capa. Sério. Peguei uma implicância enorme com a capa desse livro.kkkkkk...

    É uma história que pretendo ler por causa do suspense. Como ele me lembra A Garota no Trem, eu não estou tão animada assim para fazer a leitura, mas que tenho curiosidade isso tenho. Quero saber o que a história tem de tão especial para ter fascinado tanto os leitores.rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá amore,

    Desde a primeira vez que vi a capa desse livro me instiguei a ler, mas ainda não o fiz.
    Lendo sua resenha fiquei ainda mais curiosa pela leitura.
    Dica anotadérrima!!!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  7. Só essa capa já chama atenção por si Só, mas esse trecho realmente é instigante! Aconteceu algo bem parecido quando fui conhecer Estilhaça-me, onde um trecho do livreto me fez querer ler o livro, que acabou sendo uma das minhas séries preferidas. Já quero ler esse livro, vou colocar na lista.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ana! Tá aí um livro que estou com mta vontade de ler. Já li boas recomendações e também já li para não me prender no óbvio. Estou super curiosa quanto à trama, acho que não me arrependeria se lesse.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Olá, ficou ótima a sua resenha. Estou com um exemplar desse livro aqui pra ler e espero gostar da leitura, pois estou curiosíssima pra desvendar os rumos que essa história vai tomar com essa aparente dualidade entre as duas mulheres.

    ResponderExcluir