Resenha #171: Extraordinárias - Mulheres que revolucionaram o Brasil


Título: Extraordinárias – Mulheres que revolucionaram o Brasil
AutoraDuda Porto de Souza; Aryane Cararo
Editora: Seguinte
Nº de Páginas: 208
Dandara foi uma guerreira negra fundamental para o Quilombo dos Palmares. Bertha Lutz foi a maior representante do movimento sufragista no Brasil. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.

Olá pessoal, tudo bom com vocês? A resenha que trouxe hoje é algo diferente do que vocês estão acostumados a ver por aqui. Não é ficção, mas também não é uma biografia específica. O livro de hoje é uma obra empoderadora e inspiradora, que contém a trajetória de diversas mulheres que mudaram a nossa história e lutaram pelo direito de nos expressarmos, votarmos e até mesmo podermos correr atrás de nossos objetivos. Vamos conhecer um pouco sobre Extraordinárias: Mulheres que revolucionaram o Brasil.
Aqui conhecemos histórias de diversas mulheres que mudaram nossa sociedade e o modo como somos tratadas hoje através de seus exemplos e atitudes e, ao realizar a leitura, pude constatar com enorme tristeza que muitas delas são esquecidas e sequer mencionadas nos livros de história, mas, tem papel fundamental na forma como somos vistas hoje. Se você pensa que as coisas estão difíceis para nós mulheres em nossa sociedade – e de fato estão longe de um ideal de igualdade – você sequer imagina as lutas travadas por cada uma das mulheres mencionadas aqui nesta obra.
Você sabia que assim como Zumbi dos Palmares, sua mulher Dandara foi uma guerreira negra fundamental para a existência do Quilombo dos Palmares? Sabia que Maria da Penha – nome de uma lei famosa, vez que a primeira contra violência doméstica em nosso país – foi inspirado na mulher que travou uma longa luta contra seu agressor e garantiu tal direito em nosso ordenamento jurídico?

E que tal Maria Quitéria? Você a conhece? Sabia que essa mulher fugiu de seu pai, se disfarçou de homem para ter o direito de se alistar e assim lutar contra o domínio português? Muitos nomes ainda podiam ser citados como Nísia Floresta, Ana Néri, Anita Garibaldi, Carolina Maria de Jesus, Zuzu Ángel, dentre tantos outros que marcaram profundamente nossa história e, no entanto a maioria deles caiu no esquecimento.
Ao ler este livro percebemos o quanto nossa história é seletiva e o quanto deixou de lado a tragetória de força e resiliência de várias dessas mulheres que fizeram tanto por nossos direitos, mas, que sequer são mencionadas para nós em algum momento de nossa vida.

Aqui temos histórias documentadas desde o século XVI, até nomes da atualidade, com diferentes etnias, religiões, feitos e importância em diferentes áreas. Este livro faz mais que nos apresentar relatos de mulheres incríveis, ele nos ajuda a aprender, relembrar. Ele celebra a vida de cada uma dessas mulheres e declara, de forma clara e precisa: Elas não serão esquecidas. Suas missões, mensagens e vidas estarão presentes nestes relatos sobre cada uma delas e a cada novo leitor, ficam cada vez mais vivas em nossas vidas e conquistas.
Que este livro cumpra seu papel e nos ajude a perceber que existiu sim um Zumbi dos Palmares, mas também existiu uma Dandara. Que existiu um Jusepi Garibaldi, mas a seu lado sempre existiu uma Anita, que o salvou diversas vezes, se mostrando mais forte e corajosa que a maioria dos homens que cruzaram seu caminho.

 Que a sociedade não se esqueça que em meio a ditadura, existiu uma Zuzu Angel, que lutou até seu último dia para que a morte de seu filho e de tantos outros nos porões da ditadura não fossem ignoradas. Que os esforços de Laudelina de Campos para que as empregadas domésticas tivessem seus direitos reconhecidos não tenha sido em vão.  E porque não citar feitos recentes também? Que não nos esqueçamos de todo o preconceito enfrentado por Marta e todos os esforços despendidos, muito superiores ao dos homens na mesma profissão, para que pudesse fazer o que ama: jogar futebol, se tornando, inclusive, a melhor jogadora feminina do mundo por diversas vezes.

Que a história de cada uma dessas mulheres possa ser incutida em nosso pensamento, nos transformando em mulheres resilientes, firmes e dispostas a lutar por nossos sonhos e objetivos, a fazer a diferença. Que nossas vozes se tornem cada vez mais altas e nossas conquistas cada vez mais presentes em nossa história.

Que este livro possa ser importante para vocês, assim como foi para mim. Que ele sirva de inspiração a cada um, para que possamos continuar escrevendo nossa história sem ignorar ou esconder ninguém, muito pelo contrário. Que a força e as conquistas das mulheres sejam reconhecidas e admiradas assim como a dos homens.
Recomendo, portanto, este livro a todas as mulheres e homens que quiserem conhecer um pouco mais sobre a história de nosso país através da trajetória dessas mulheres e espero, do fundo do meu coração, que este livro possa tocar a cada um dos leitores da mesma forma que me tocou. Que ele possa mudar a perspectiva que vemos muitas coisas e possa nos tornar pessoas melhores, mais fortes e mais dispostas a ouvir e a lutar.

Espero que tenham gostado da resenha de hoje. Não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!

15 comentários:

  1. Oi Polly!

    Tudo bem? Então, eu estou muito muito muito curiosa para ler esse livro! Ele parece incrível. Dei de presente para para a minha irmã recentemente e ela está amando, então depois eu certamente quero ler depois que a Isabele acabar.

    Adorei ler as suas impressões sobre a leitura e acredito que seja mesmo um livro que não possua nem idade e nem sexo, que deveria ser uma leitura que todos deveríamos fazer.

    Beijinhos - Jessie
    http://www.paraisoliterario.com/2018/06/resenha-march-1-marcha.html

    ResponderExcluir
  2. Achei linda a sua resenha. Pois é, logicamente isto não está contado nas aulas de história que tinha antigamente. Claro que os homens eram os que ficavam marcados nela e que eram os ovacionados. Mas estamos aí para mostrar que também somos fortes.

    ResponderExcluir
  3. Que resenha mais linda, me deu até um certo orgulhinho!
    Esse livro certamente é um ótimo presente pra qualquer idade, a edição holográfica é linda demais e conquista nossos olhos e coração logo de cara, sem contar as ilustrações ne? Uma mais linda que a outra!

    ResponderExcluir
  4. Recentemente eu li um livro dentro da mesma temática e estilo e apesar de ser a primeira experiência eu adorei. Esse que resenhou me chama ainda mais atenção por se tratar de mulheres que revolucionaram o nosso país, isso me anima muito, pois o outro era focado nas gringas. A maioria dos nomes que citou aqui eu conheço bem por cima,mas adoraria conferir suas histórias e o legado que me foi deixado por elas. Dica super anotada, quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Polly, tudo bem? Que edição linda tem esse livro! É com leituras assim que acabo descobrindo que sei muito pouco sobre a luta das mulheres e que é preciso a gente aprender sempre mais e mais sobre o assunto. Tema super pertinente, com histórias incríveis de vida, quero ler com certeza!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Estou bem curiosa para ler esse livro.
    Vi na saraiva e achei a edição um arraso.
    Sua resenha está bem escrita e se já queria ler, agora fiquei mais ansiosa.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Polly!
    Desde que esse livro foi anunciado fiquei bem curiosa com ele, e vendo agora sua resenha percebo que realmente foram muitos os nomes que infelizmente sequer são citados durante as aulas. Algumas eu lembro claramente de ter estudado sobre, feito trabalhos, como Nísia Floresta, mas a grande maioria ainda passa desconhecida pra mim, infelizmente. São livros como esse que fazem a diferença no meio do descaso e falta de reconhecimento que a mulher continua a receber nos tempos de hoje, e inspiram para que novas possam conquistar feitos tão altos quanto. Linda resenha a sua, e livro mais que necessário, se bobear até nas escolas. Parabéns pela resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
  8. Adorei a sua resenha e pude sentir toda a sua emoção com essa leitura!
    Apesar de considerar a obra importante, não é o tipo de livro que me cativa. No meu tempo de lazer, prefiro histórias de ficção que relaxam a mente e me fazem esquecer de todas as coisas que vejo no meu dia-a-dia profissional!
    Mesmo assim, vou anotar a dica porque acho que pode ser um ótimo presente!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Que resenha espetacular, chega me arrepiei com a leitura! eu estou bem curiosa para ler esse livro, parecer realmente ser um livro essencial a todas as pessoas, sejam elas homens ou mulheres. Sem falar que essa edição parece ser maravilhosa.

    Beijos!
    https://www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  10. Pude ver que você se encantou com esse livro que nos mostra a história do Brasil pela visão de mulheres fortes que nem sempre são lembradas. O pouco que você pontuou e as fotos do post me fez ter uma vontade enorme de ter e ler esse livro. Muito obrigada pela indicação e já vou procurar ele.

    Beijos
    http://ventoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá Polly, tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro, desde quando vi que ele foi lançado. Eu fiquei muito contente por ler suas impressões e satisfeita por saber que temos grandes nomes nesse livro. Eu não tenho dúvidas que esse livro é indicado para todo o tipo de pessoas.
    Espero comprar meu exemplar logo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu estou encantada com esse livro. A edição linda e diagramação cuidadosa além de trazer tantas referências e reflexões ao longo da leitura, sem dúvidas é uma obra que vou ter que adquirir.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  13. Oie,

    Eu queria muito ler esse livro, porque acho as histórias e as mulheres maravilhosas, fora que faz a gente conhecer muita mulher foda! Essa edição tá muito linda, amei as ilustrações. Quero lerrrrrrrrrr!

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá! Tudo bom?

    Eu já ouvi falar desse livro anteriormente e confesso que não é o tipo de leitura que costumo fazer, porém não posso negar que fiquei bem curiosa sobre. Fico feliz que tenha gostado da obra, acredito que todo mundo deva conhecer e espero que eu tenha a oportunidade em breve 🧡

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?

    Eu realmente amei esse livro. Foi um presente muito especial é uma leitura esclarecedora, além de muito rica de conhecimento sobre mulheres incríveis. Guardo com muito carinho e recomendo pra todo mundo! Beijos

    ResponderExcluir