Resenha #185: A duquesa feia


Título: A duquesa feia
AutoraEloísa James
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 271
Baseado na história O Patinho Feio, esse é o terceiro volume da série Contos de Fadas.
Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia?Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado.
Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses.
Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote.E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação.Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha de romance de época aqui no Entre Livros e Personagens! Que tal saber um pouco sobre minhas impressões de leitura com A duquesa feia, da autora Eloísa James?

Neste livro conhecemos a história de Theodora Saxby e James Ryburn. Ela é a herdeira de uma das maiores fortunas que circula na temporada e ele é o futuro herdeiro de um ducado falido. Os dois são melhores amigos de infância e ele sempre viu Theo, ou Dayse, como ele prefere chama-la, como uma irmã.

_ Não me interessa se a mocinha é feia como o pecado. Você vai conquistá-la. Vai fazer com que ela se apaixone por você. Do contrário, não terá nenhuma propriedade para herdar. Nada!

No entanto, persuadido pelo pai, ele resolve seduzir Theo para evitar que se descubra uma fraude cometida por seu genitor. Após uma bela declaração pública de amor, a moça se descobre apaixonada por ele e acaba convencida de que o sentimento é recíproco, no entanto, a felicidade não dura muito e ela acaba por descobrir toda a farsa.

Aos 19 anos, James pensava ter entendido seu lugar na vida. Havia aprendido as lições mais importantes: como montar a cavalo, beber sem perder a compostura e se defender em um duelo.
Mas ninguém lhe ensinara - e ele jamais imaginara ser necessário aprender - como trair a única pessoa com quem se importava na vida. A única pessoa que realmente amava. E como partir o coração dessa pessoa - no dia seguinte ou dentro de cinco ou dez anos.

Apesar de ter cedido à pressão do pai, Jame realmente s ama Theo, no entanto, acaba por obedecê-la quando ela o manda embora de sua vida.

Anos se passam e muitas coisas mudam, inclusive em relação à partida de James. Agora ele está de volta, completamente mudado, e precisa provar para a moça que a ama de fato e que os dois são perfeitos juntos, no entanto, sua maior missão é fazê-la acreditar.
 Que eu adoro essa série de releituras não é novidade. Os dois livros anteriores, resenhados aqui no blog, me ganharam por completo, fazendo com que me apaixonasse pela escrita fluida e envolvente de Eloísa James e confesso que comecei essa leitura cheia de expectativas, esperando ser arrebatada novamente por um de seus livros, no entanto, não foi bem isto que aconteceu.


Até o final da primeira parte do livro, eu estava simplesmente adorando! A escrita estava fluindo super bem, os personagens estavam interessantes e eu previa uma trama intensa, dramática e apaixonante, no entanto, foi na segunda parte do livro que a coisa começou a desandar.

Enquanto Theo se tornava uma personagem forte que eu admirava, James começou a se tornar para mim um personagem morno, sem sal nem açúcar. As partes em que eram narradas com foco na vida de nossa protagonista me enchiam os olhos, enquanto as partes de James me davam sono.

O resultado dessa combinação? A história acabou se tornando morna na segunda parte. Os personagens secundários foram perdendo seu papel, a trama perdeu um pouco seu ritmo e o clima que existia entre no casal no começo se perdeu bastante, a meu ver.

Apesar de alguns diálogos incríveis e da personagem feminina que evoluiu tanto, a segunda parte do livro não conseguiu me fisgar por completo e acabou sendo apenas boa. Aquela faísca entre o casal que existiu na primeira parte ainda estava ali, cada vez que os mesmos estavam juntos, no entanto eu como leitora já não sentia que ele era o melhor para ela e isso me incomodou um pouco.

Em suma é um romance bom, com uma ótima primeira parte, um final meio corrido e uma protagonista feminina formidável.

Theo soube tomar as rédeas da sua vida quando tudo desmoronou e soube usar da decepção como um combustível para alcançar tudo aquilo que almejava, e por ela acredito que você leitor de romance de época deveria ler este livro.

Claro, que esta é só minha opinião e conheço pessoas que simplesmente amaram o livro, então espero que façam a leitura para tirarem suas próprias conclusões, afinal, é como sempre digo: pode não ter funcionado tão bem para mim, mas pode ser uma excelente leitura para você!

E foram estas as considerações de hoje, pessoal! Espero que tenham gostado e que comentem o que acharam, ok? Beijos e até o próximo post!

14 comentários:

  1. Oi, Pollyanna! :D
    Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, mas adorei essa capa! A premissa, entretanto, não me chamou muito a atenção. Não gosto muito de histórias românticas. Saber que ela é uma releitura do patinho feio pode ser algo interessante, mas mesmo assim me senti meio desanimada após você comentar que o James não consegue se tornar um personagem tão cativante quanto a Theo com o avançar do livro. De qualquer forma, gostei muito da sua resenha e da forma como a escreveu com sinceridade sobre o que não gosto. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Já li resenhas de pessoas que amaram o livro, uma pena essa segunda parte não ter funcionado para você. Eu amo livros de romance de época e esse já está na minha lista há um tempinho. A ideia da autora fazer as releituras realmente é ótima!

    ResponderExcluir
  3. Oi Pollyanna, tudo bem? Puxa, eu vi que algumas pessoas tiveram a mesma opinião que você, mas eu gostei tanto, talvez por esse muito fã da série. Mas eu entendo seu ponto de vista e Theo é realmente uma protagonista maravilhosa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Primeiro, que fotos lindas <3
    Então, eu morro de vontade de ler os livros dessa série, eu amo romances de época e a série me desperta um grande interesse. Porém, esse volume especificamente eu não consegui me sentir atraída pela leitura. Adorei a sua resenha e a sua sinceridade, mas não sei se vou comprar esse livro, talvez compre para completar a série, mas não tenho a impressão de que vá ser uma boa experiência para mim.

    ResponderExcluir
  5. Essa é a segunda resenha que leio sobre essa obra e parece que realmente o problema foi o que a autora fez a partir do meio da história, né? Acho uma pena porque ela realmente possuia um enredo incrível e já vinha de outros livros tão bons que levavam a expectativa do leitor nas alturas, uma pena.

    ResponderExcluir
  6. Oi querida!

    Esse livro foi um dos únicos que ainda não li da autora. Quando ia solicitar para editora, acabei cancelando o pedido pois acabei optando ter apenas a leitura do primeiro e segundo livro. Eu gostei da sua resenha, porque agora eu sei realmente sobre os personagens e cenário. Quero ler esse livro porque além da sua sinceridade eu gostei dos quotes que você escolheu. Espero gostar da leitura tanto quanto você gostou.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  7. As fotos ficaram tão lindas! Parabéns!

    Eu sou louca para adquirir essa série de releitura de contos de fadas (esperando conseguir comprar em novembro, durante a Black Friday, os quatro livros já publicados), mas sei que muita gente não aprecio esse terceiro livro. Tenho lido resenhas que falam o mesmo: a segunda parte da história estraga tudo. Ainda assim vou ler, embora a fábula do Patinho Feio não seja uma das minhas preferidas.

    Gosto de mocinhas fortes, que dão a volta por cima e se ler o livro já ciente que o romance em si pode não me cativar, talvez nem me decepcione. Como você disse vale a pena ler pela mocinha.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá, que pena que a segunda parte foi morna, mas bom saber que a mocinha é uma personagem marcante. Gosto muito de romances de época e de releituras e quero ler esse e os outros livros da série.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu adoro romances de época e gosto mais ainda da Eloisa Jaymes. Essa mulher tem meu coração. Ainda não li A Duquesa Feia todo, quero muito terminar e estou super sem tempo. Imaginei que pela temática, a segunda parte teria uma boa dose de enrolação, mas ainda quero ler mesmo assim! Beijos
    FALANDO DEMAIS.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Estou com essa série para ler, mas ainda não li nenhum dos livros. Sei que não é sequencial, mas gosto de ler na ordem. Confesso que A Condessa Feia foi o título que mais me chamou a atenção. Gostei da sua resenha, terei menos expectativa então pela segunda parte da história.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu tive dois momentos com essa leitura. A primeira parte me encantou demais e li rapidinho, porém a segunda parte foi massante e para terminar foi um sacrifício. Achei que a Eloisa se perdeu em colocar tantas passagens de tempo que só fez perder o brilho da trama.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oi! Gostei muito da premissa desse livro! Nunca li nada da autora, mas acho muito legal ela basear suas obras em contos de fada, eu gosto muito de releituras. Apesar do romance ter esfriado um pouco no decorrer da trama, eu gosto de como a autora evoluiu os personagens, principalmente a mocinha.. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Minhas impressões são exatamente como as suas, a primeira parte do livro é muito divertida, muito legal, mas depois a finalização não me agradou nenhum pouco, parece que a autora correu para finalizar. Achei o final injusto, porque não foi trabalhada a relação dos personagens para que eles ficassem juntos, acho que merecia mais.

    beijos!

    ResponderExcluir