Falando sobre a série: Castles Ever After

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Resolvi tentar fazer um post um tanto quanto diferente por aqui! Acabei de ler a série Castles Ever After, da autora Tessa Dare e resolvi apresentá-la para vocês, e claro, falar um pouquinho sobre o que senti em cada uma das leituras. Não vou me aprofundar tanto como em uma resenha, mas também não vou me ater em postar apenas sinopses. Sem mais enrolações, vamos falar sobre os livros! Espero que gostem ♥
A série Castle Ever After, escrita pela autora Tessa Dare é composta de três exemplares, sendo eles Romance com o Duque (Romancing The Duke), lançado originalmente em 2014, vindo para o Brasil em 2016; Diga sim ao Marquês (Say Yes to the Marquess), com data de lançamento original em 2016 e lançamento no Brasil em 2016 e A noiva do Capitão (When a Scot Ties to the Knot), lançado em 2015 e trazido para o nosso país em 2017.

Além dos três volumes oficiais da série, a mesma, existe um crossover com a série Spindle Cove, que nos rendeu o exemplar "Como começar um escândalo", lançado esse ano na bienal, que mistura personagens do  segundo livro da série que estamos comentando e uma personagem irmã da protagonista do segundo livro da série Spindle Cove. Não comentaremos sobre esse livro hoje, mas achei importante mencionar esse presente que Tessa nos deu ♥ rs


Título: Romance com o Duque
Nº de Páginas: 251
A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.
Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.
Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.
Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque...
Neste primeiro livro conheceremos a história de IsoldeIzzi – e Ransom. Ela é uma moça que vive a sombra de uma personagem criada pelo pai e ele é um Duque que vive recluso em m castelo caindo aos pedaços por um longo tempo após algo de muito ruim ter acontecido com ele.


Após a morte repentina do pai e Izzi, tudo que lhe sobra é um castelo caindo aos pedaços que herdou. Sem ter para onde ir ou a quem recorrer, Izzi acaba se dirigindo ao local e se depara com Ransom, que insiste em dizer que o castelo é seu.

Ambos são obrigados a coabitar o imóvel, já que nenhum dos dois quer dar o braço a torcer e é assim que a história começa a se desenrolar. Ambos vão ter que enfrentar seus temores e fantasmas do passado para descobrirem o que realmente são e o que almejam de fato.

É um romance super divertido e envolvente, com personagens maravilhosos e bem desenvolvidos, daqueles que quando se conhece a história, dá vontade de guardar em um potinho, com um romance apaixonante e com um final daqueles de aquecer o coração. Vale super a pena a leitura!

Título: Diga Sim ao Marquês
Nº de Páginas: 287
Aos 17 anos, Clio Whitmore tornou-se noiva de Piers Brandon, o elegante e refinado Marquês de Granville e um dos mais promissores diplomatas da Inglaterra. Era um sonho se tornando realidade! Ou melhor, um sonho que algum dia talvez se tornaria realidade…
Oito anos depois, ainda esperando o noivo marcar a data do casamento, Clio já tinha herdado um castelo, tinha amadurecido e não estava mais disposta a ser a piada da cidade. Basta! Ela estava decidida a romper o noivado. Bom… Isso se Rafe Brandon, um lutador implacável e irmão mais novo de Piers, não conseguir impedi-la. 
Rafe, apesar de ser um dos canalhas mais notórios de Londres, prometeu ao irmão que cuidaria de tudo enquanto ele estivesse viajando a trabalho. Isso incluía não permitir que o Marquês perdesse a noiva. Por isso, está determinado a levar adiante os preparativos para o casamento, nem que ele mesmo tenha que planejar e organizar tudo.
Mas como um calejado lutador poderia convencer uma noiva desiludida a se casar? Simples: mostrando-lhe como pode ser apaixonante e divertido organizar um casamento. Assim, Rafe e Clio fazem um acordo: ele terá uma semana para convencê-la a dizer “sim” ao Marquês. Caso contrário, terá que assinar a dissolução do noivado em nome do irmão.
Agora, Rafe precisa concentrar seus punhos e sua força em flores, bolos, música, vestidos e decorações para convencer Clio de que um casamento sem amor é a escolha certa a se fazer. Mas, acima de tudo, ele precisa convencer a si mesmo de que não é ele que vai beijar aquela noiva.
Neste segundo volume conhecemos a história conhecemos a história de Clio Whitmore, que ficou noiva de Piers Brandon aos 16 anos e oito anos depois ainda não se encontra casada com ele.

Cansada de passar uma vida esperando por um noivo que não lhe dedica qualquer atenção e que sequer demonstra vontade em se casar, ela resolve pedir para que o procurador e irmão de seu noivo – Rafe Brandon – assim os papéis de rompimento.

No entanto, nada é tão fácil. Rafe está disposto a fazer de tudo para que o irmão encontre as coisas como deixou há oito anos atrás – incluindo um cachorro bem cuidado e uma noiva a sua espera.

Nesta tentativa de evitar o rompimento, ele vai até o castelo que a moça herdou para tentar fazê-la mudar de ideia, no entanto, nutrir sentimentos por ela só complicam ainda mais as coisas.

É em meio a decisão de Clio e os sentimentos proibidos de Rafe que vemos a história se desenrolar e cá entre nós? Que história! Clio é uma personagem extremamente empoderada, que não aceita o papel que a sociedade impôs a ela e que possui sonhos e está disposta a lutar por eles, ao ponto que Brandon é um lutador implacável que terá que aprender a lidar com seu adversário mais complexo – seus medos, sentimentos e ressentimentos. Acabei a leitura apaixonada pela história desses dois e quero que se apaixonem por eles também!  


Título: A noiva do capitão
Nº de Páginas: 245
Madeline possui muitas habilidades preciosas: é uma excelente desenhista, escreve cartas como ninguém e tem uma criatividade fora do comum. Mas se tem algo em que ela nunca consegue obter sucesso, por mais que tente, é em se sentir confortável quando está cercada por muitas pessoas… Chega a lhe faltar o ar! 
Um baile para ser apresentada à Sociedade é o sonho de muitas garotas em idade para casar, mas é o pesadelo de Maddie. E, para escapar dessa obrigação, a jovem cria um suposto noivo: um capitão escocês. Ela coloca todo o seu amor em cartas destinadas ao querido – e imaginário – Capitão Logan MacKenzie e convence toda a sua família de que estão profunda e verdadeiramente apaixonados.
Maddie só não imaginava que o Capitão “MacFajuto” iria aparecer à sua porta, mais lindo do que ela descrevia em suas cartas apaixonadas e pronto para cobrar tudo o que ela lhe prometeu.
Em A noiva do capitão conheceremos a história de Madeline, uma moça que tem problemas com lugares repletos de pessoas e que para evitar seu baile de debute, inventa que está noiva de um escocês que foi para guerra – Capitão Logan MacKenzie.  

Para sustentar sua mentira, ela passa a enviar as cartas ao regimento em que ele supostamente estaria, contando tudo sobre sua mentira e sua vida, como um todo.

Anos se passam e o que era para ser uma mentira inocente acaba tomando proporções enormes. Não conseguindo mais sustentar toda aquela história, ela inventa a morte de seu capitão e vai viver em um castelo que seu padrinho deixou de herança na Escócia.

O que Maddie sequer esperava era que alguém com o mesmo nome vinha recebendo suas cartas e adivinha só: aparece em sua porta se dizendo seu capitão, pronto para desposá-la.

É claro que esse casamento de fachada que surge por uma mentira vai nos render uma boa e divertida confusão. Ademais, nos apresentará personagens marcados por seus traumas do passado descobrindo que a cura e o amor podem estar nos lugares mais inesperados.

Tenho que ressaltar que de toda essa série, aqui teremos o livro com um toque mais sentimental e profundo, devido a toda história de vida dos personagens. Ver seu amadurecimento e a forma como os personagens evoluem ao longo da trama é fantástico e maravilhoso!
Bem pessoal, esses são os livros da série Castle Ever After. Todos são muito fluidos, divertidos, com, uma dose de carga dramática devido ao passado de seus personagens. Tessa soube construir enredos distintos, bem desenvolvidos, e que fazem com que o leitor se apaixone por seus personagens extremamente bem construídos.

Curti tanto as leituras que mal terminei e já vim correndo falar um pouco dela para vocês! Espero que tenham gostado de conhecer e que deem uma chance para essa série maravilhosa e para a escrita da autora que é simplesmente fantástica. Se você ama romances de época, tenha a certeza que trata-se de leitura obrigatória! rs

Me contem nos comentários se já leram algum desses livros, se tem vontade, se conhecem a escrita da Tessa... vamos conversar um pouquinho, ok? Beijos e até o próximo post!

14 comentários:

  1. Primeiro quero falar das imagens, as fotos ficaram lindas e condiz muito com os romances.
    Segundo, eu conheço a série, porque as meninas do Clube do livro amam romances de época, A noiva do capitão parece que é o preferido delas, acredita? Vou ler, porque estão meio que me intimando para entrar no clube da Tessa hahahahaha

    ResponderExcluir
  2. Esses livros são a cara dos filmes de época estrelados pela Keira, inclusive já imaginei ela interpretando haha Eu não conhecia a série, me interessei, mais alguns livros pra minha lista da amazon hahaha

    ResponderExcluir
  3. Olá! :D
    As capas com certeza são lindíssimas! Nunca li um romance de época, acredita? Mas adorei conhecer esses, porque sempre que vejo algo mencionando este gênero é algum livro da Julia Quinn. Entre os três, o que mais gostei foi "A Noiva do Capitão" porque fiquei imaginando o quão surreal é escrever cartas para alguém que não existe e então descobrir que essa pessoa existe! Achei a ideia muito criativa e acho que gostaria de lê-lo. Seu post tá lindo e super completo! Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginário.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu preciso terminar de ler essa série, até porque ela faz conexão com Spindle Cove.
    A escrita da Tessa é fantástica. Suas personagens nos surpreende e seus enredos se mostram divertidos, apaixonantes e inteligentes.
    Adorei essa postagem! Super dica com certeza.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Oiii,

    Eu não conhecia a série, mas tenho lido muitas coisas positivas sobre a escrita da Tessa e como os romances de época dela são apaixonantes, e como eu sou apaixonada pelo gênero fico a cada dia mais curiosa pra conhecer os livros dela. Esta série parece ser muito amorzinho e eu realmente espero poder conferir ela em breve.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  6. olá... já tinha visto a série antes, mas não cheguei a ler por ser um gênero que não aprecio... achei as premissas do primeiro e do segundo clichês demais, já o terceiro foge mais do convencional... de qualquer forma, não é minha vibe mesmo...

    bjs...

    ResponderExcluir
  7. Eu sou doida para conhecer os livros da Tessa! Conheço várias meninas que tem essa autora como uma de suas preferidas. Já li resenhas sobre os três livros e confesso que o terceiro é o que mais me atrai. Porque acho hilária a situação da mocinha e fico imaginando como vai se desenvolver um relacionamento a partir de tanta confusão. Mas claro que também me interesso pelos demais e sinto já uma simpatia pela mocinha do segundo livro, por ser tão forte e dona de si.

    Vou ler a trilogia toda, mas só Deus sabe quando conseguirei!rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu tenho os livros da série e adorei o primeiro, mas confesso que empaquei no segundo livro. rs
    Embora a Clio seja empoderada, o Rafe é... um tapado! Sim, ele é tapado, porque ele demora muito pra correr atrás do que ele quer! Mas ainda vou dar uma chance de ele se redimir, só preciso retomar a leitura. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Há algum tempo estou desanimada com essas séries de romance de Época, porque para mim é tudo muito repetido. Mas interessantemente, gostei da proposta desses livros. Parece ter sido realmente uma boa leitura e não fica naquela coisa de ter dez mil personagens pra ter continuação kkkkk
    Gostei da resenha :)
    Vou procurar conhecer mais sobre os livros.
    Bjs

    http://ultimasfolhasdooutono.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Estou com muita vontade de ler esses livros e agora que li seu post, minha curiosidade ficou mais aguçada ainda. Eles estão em minha lista e ano que vem pretendo realizar as leituras.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    suas fotos ficaram tão lindas! Eu adoro romances de época e essa é uma das autoras que tenho muita vontade de conhecer. Não sabia que a autora criou um livro misturando um personagem dessa série com um personagem da outra, gostei desse ponto de encontro entre duas séries, dá um tom de realidade. Pelo enredo também de cada livro, acho que vou amar cada um deles. Parabéns pela resenha.
    bjs.
    Pri.
    https://nastuaspaginas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, eu comprei os dois primeiros livros mas ainda não li. Amei seu post e sua ideia de falar resumidamente sobre cada um, já fiquei apaixonada por todos os personagens e as histórias. Sua fotos ficaram lindas. Farei o possível pra comprar o terceiro livro nessa Black Friday e ler todos logo.

    ResponderExcluir
  13. Amo romances de época, mas admito que estou com um certo receio de comprar mais livros!. To tentando mudar um pouco o gênero, mas depois dessa sua resenha vai ser um pouco complicado. Amo romances de época e esses ainda não tive a oportunidade de adquirir.

    Amei as suas fotos, nunca consigo tirar fotos tão lindas assim e seu post ficou sensacional.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Sempre vejo as capas destes livros por aí, mas nunca me interessei profundamente por nenhum deles. pelos menos até agora, porque depois deste post esclarecedor e destas fotos maravilhosas, estou bem tentada a colocar todos eles no eu carrinho de compras da amazon. Amei o post, vc é sempre muito caprichosa.
    Beijos

    ResponderExcluir