Resenha #192: O Jardim Esquecido


Título: O Jardim Esquecido
AutoraKate Morton
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 491
Uma criança abandonada, um antigo livro mágico, um jardim secreto, uma família aristocrática, um amor negado. Em mais uma obra-prima, Kate Morton cria uma história fantástica que nos conduz por um labirinto de memórias e encantamento, como um verdadeiro conto de fadas.
Dez anos após um trágico acidente, Cassandra sofre um novo baque com a morte de sua querida avó, Nell. Triste e solitária, ela tem a sensação de que perdeu tudo o que considerava importante. Mas o inesperado testamento deixado pela avó provoca outra reviravolta, desafiando tudo o que pensava que sabia sobre si mesma e sua família.
Ao herdar uma misteriosa casa na Inglaterra, um chalé no penhasco rodeado por um jardim abandonado, Cassandra percebe que Nell guardava uma série de segredos e fica intrigada sobre o passado da avó.
Enchendo-se de coragem, ela decide viajar à Inglaterra em busca de respostas. Suas únicas pistas são uma maleta antiga e um livro de contos de fadas escrito por Eliza Makepeace, autora vitoriana que desapareceu no início do século XX. Mal sabe Cassandra que, nesse processo, vai descobrir uma nova vida para ela própria.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha e vamos falar sobre uma leitura que me surpreendeu muito! O jardim esquecido foi meu primeiro contato com a escrita de Kate Morton e já posso adiantar que terminei a leitura impactada! Que tal saber um pouco mais sobre este livro?
 Em O jardim esquecido teremos um drama com um misto de mistério que se desenvolverá entre passado e presente, envolvendo uma criança abandonada, um livro infantil, um jardim secreto, uma família aristocrática e seus segredos.
Vou contar o grande segredo da família. Toda família tem um, com certeza, só que alguns são maiores que outros.
E para protagonizar tal enredo nos tempos presentes teremos Cassandra, uma moça com a vida marcada por uma tragédia, que está passando pela perda de sua avó Nell, seu porto seguro e sua melhor amiga.

O que parecia uma realidade em que perdera tudo o que realmente importara se transforma em um destino inesperado, devido ao testamento deixado por sua vó.

De uma maneira um tanto misteriosa, a mulher deixou para neta um chalé na Inglaterra, rodeado por um jardim abandonado. Cassandra sabe que aquilo tem algo relacionado com o passado misterioso da avó, no entanto, precisará se empenhar muito para entender como resolver o mistério deixado pela mulher, para enfim ter a chance de conhecer uma parte da história de sua avó que nunca lhe foi contada.

No entanto, tal jornada não será fácil, vez que ela parte para Inglaterra conhecendo apenas parcas pistas que são uma maleta antiga, um livro de contos de fadas escrito por Eliza Makepeace, autora vitoriana que desapareceu no início do século XX e o diário com as descobertas da avó. O que Cassandra sequer imagina é que descobrir essa história fará descobrir suas origens, ao passo que faz com que se redescubra e se reencontre, mesmo após tantas perdas.
Como já dito anteriormente, esse foi meu primeiro contato com a escrita da autora e confesso a vocês que fui esperando um thriller, então imaginem minha surpresa quando me deparo com um misto de drama e mistério, que se passa entre presente e futuro, bem no estilo de Lucina Riley, que é um tipo de desenvolvimento que simplesmente adoro?!

E claro, além desses momentos entre passado e presente intercalados, ainda temos algumas das histórias infantis de Eliza Makepeace, que só deixam a trama ainda mais dinâmica e intrigante.

Com personagens complexos e extremamente bem construídos, Kate Morton consegue tecer um enredo que vai prender o leitor, deixa-lo aflito e ansioso por respostas em alguns momentos, mas que também os fará se emocionar com toda a trama construída nesse livro.

O mistério vai sendo revelado de forma gradativa, sempre fazendo com que o leitor reveja todas as suas certezas até que se chegue ao desfecho da trama.

Confesso a vocês que em determinado ponto do livro eu já havia descoberto o que estava por trás daquele mistério, mas isso em nada desmereceu a leitura ou tornou-a totalmente previsível. Apesar de já saber o que havia acontecido, eu ainda não havia descoberto como tudo aquilo acabou se desenrolando e foi maravilhoso acompanhar tal desenvolvimento através da narrativa viciante da autora.

Ao mesmo tempo em que o livro me fez passar horas presa em suas páginas, ele também fez com que derramasse lágrimas, principalmente no final.  Aqui temos uma história que nos apresenta mistério, ao passo em que acompanhamos uma personagem se redescobrir como ser humano, se reestruturar e finalmente ter uma chance de seguir em frente, mesmo em meio a tantos momentos tristes em sua vida e simplesmente amo isso.

Enfim! Esse foi um primeiro contato fantástico com a escrita da autora e espero de coração ter a chance de ler muitos outros livros dela! A você, querido leitor, deixo a indicação de uma excelente leitura, capaz de entreter e emocionar, além de deixar belas mensagens em suas entrelinhas.

Espero que tenham gostado da resenha de hoje! Não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!

5 comentários:

  1. Olá!
    Antes de qualquer coisa, preciso elogiar a lindeza dessas fotos! Ficaram maravilhosas! Sobre o livro, acho que já tinha visto algumas imagens da capa dele por aí, mas não imaginava como era a história. Gostei da premissa, pois ela me lembrou um filme muito antigo que eu gostava quando era criança, ele se chamava "O Jardim Secreto". Gosto de histórias que envolvam drama e mistério, por isso fiquei curiosa em saber o que a casa herdada por Cassandra representa nas descobertas dela. Sua resenha me deixou bem intrigada. Espero um dia poder ler esse livro e descobrir. Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ahh esse livro é lindo! Me emocionei com a história e com o final destinado a personagem. Vê-la desde a infância e acompanhar partes do seu passado, além daquelas histórias, tudo nesse enredo é especial.
    Uma das melhores no gênero que tive o prazer de ler esse ano.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  3. Tirando a capa lindona o livro em uma premissa bem legal. Fiquei curiosa quanto o testamento deixado, que parece ser o que da rumo a todo conflito da história e claro que mistura drama e mistério é sempre uma boa pedida. Anoto a sua sugestão, espero ter a oportunidade de ler. Parabéns pelas fotos, ficaram lindas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi! Vi o lançamento deste livro, mas pensei que era mais um romance, sabe.. Que bom que não! Adorei a mistura de suspense e fantasia, gostei desse mistério todo que você diz existir na trama. Gostei também de você ter mencionado as personagens fortes e determinadas. Não conheço a escrita da autora, mas já está mais que na lista de desejos!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem??

    Amo romances estilo lucinda, e imaginei que seria algo assim, tanto que já tenho em minha coleção.
    Como ele chegou semana passada não esperava ler tão cedo. Mas agora quero pra ontem.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir