Destaques

Resenha #273: Lições inesperadas sobre o amor

Por Polly - Entre Livros e Personagens •
16 junho 2021

 

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha e vamos conversar um pouquinho sobre Lições inesperadas sobre o amor, romance de estreia de Lucy Dillon no selo romances de hoje da Editora Arqueiro.


Jeannie e Daniel estão prestes a dar um grande passo: aquele seria o dia do casamento dos dois, o dia em que diriam sim para uma vida a dois que estão convictos de que querem viver, certo? Bem, não é bem assim.


Jeannie, quando está indo para a cerimônia, começa a pensar na forma como está se sentindo e tudo aquilo parece um grande erro. Ela, que sempre viu o relacionamento dos pais como um modelo, começa a perceber que talvez tenha sido um equívoco aceitar se casar. Como firmar um compromisso de uma vida a dois sem ter certeza daquilo?

"Um dia, acordei mais cedo e vi Henry deitado comigo em seus braços, seus braços carinhosos e fortes, e pensei: Casamento é isto. Estar ao lado da pessoa que você ama mesmo quando ela não ama a si mesma. Já tínhamos passado pela alegria e pela tristeza, não é mesmo?"

Ela tenta entrar em contato com Daniel, para que este não vá para o local do casamento, no entanto, o destino acaba por interferir e, a partir daí, Jeannie vai mergulhar em uma jornada de autodescoberta,  questionar suas certezas e descobrir o que quer da vida, enquanto tenta aprender a ouvir seus anseios e necessidades.



Li esse livro em conjunto com uma amiga – Fran – e vendo essa capa fofinha, nunca imaginamos que o livro nos surpreenderia logo nas primeiras páginas. Após um prólogo romântico, tudo já começa a desandar nos primeiros capítulos e ficamos “Nossa, como assim?! O que vem a seguir?”.


 Pois é, minha gente. A autora já conseguiu nos prender no primeiro capítulo, fazendo com que ansiássemos por respostas. Você fica curiosa para saber como a personagem vai sair da situação em que se encontra, como ela vai passar por todos os momentos complicados que vão surgindo na vida dela, tudo isso com uma intensidade na medida certa.


Em um primeiro momento é muito estranha a atitude de Jeannie no início do livro, mas basta ir juntando os fragmentos das histórias do relacionamento e vamos passando a entendê-la melhor.


Aqui Lucy Dillon nos presenteia com um romance que não é exatamente o romance romântico típico de sessão da tarde, e sim um romance sobre autodescoberta, sobre a vida. Sobre aquelas decisões que tomamos no calor do momento, sobre suas consequências. Sobre aquelas decisões ainda mais difíceis, que temos que tomar em momentos complexos e que são capazes de mudar tudo aquilo que acreditamos e até mesmo quem somos.


Um livro que fala sobre amor-próprio, sobre a vida que sonhamos e aquela que nos dispomos a viver. Um livro sobre relações familiares, entre amigos e até mesmo entre seres humanos e animais.


Este é um daqueles livros que entregam entretenimento e que nos faz refletir através de seus personagens bem construídos e de uma trama que prende, que enreda. O seu final é um tanto quanto previsível, mas sinceramente? Isso é o de menos. É tão interessante acompanhar a jornada da personagem que o final é só consequência.


Esta foi uma leitura que me cativou muito, motivo pelo qual recomendo hoje a todos vocês. Espero encontrar muitos outros títulos da autora no selo de romances de hoje.


Espero que tenham gostado de conhecer um pouco da minha experiência de leitura deste livro. Não deixem de contar o que acharam, ok? Beijos e até o próximo post!





 Autora: Lucy Dillon

Editora: Arqueiro

Nº de Páginas: 332

Jeannie sempre sonhou com uma grande paixão, e agora finalmente está vivendo um romance avassalador com Dan, um jovem veterinário. Depois de menos de um ano de namoro, ele a pede em casamento durante um fim de semana romântico em Nova York.

Os meses de noivado voam e de repente ela se vê no carro a caminho do casamento. Tudo parece perfeito e mágico demais para ser verdade. Mas ela não consegue afastar do peito a sensação sufocante de que está tomando a decisão errada.

Jeannie tem uma última chance de voltar atrás. Porém, quando decide agarrá-la, um golpe do destino joga tudo o que ela conhece pelos ares.

Com o futuro parecendo incerto e sombrio, Jeannie mergulha uma jornada de autodescoberta e constata que, para amar totalmente outra pessoa, primeiro precisamos aprender a ouvir nossos próprios desejos e necessidades.


Comentários via Facebook

4 comentários:

  1. Olá Polly, tudo bem ?
    Eu sou a louca das capas e só por ela, eu já compraria este livro. Gosto de livros bem estruturados e que os personagens nos fazem refletir e pensar, além de criar conexão.
    Anotei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Polly, sua linda, tudo bem?
    Já fiquei aqui curiosa para saber o motivo das incertezas da personagem. Goto muito de histórias que nos fazem refletir sobre a vida, família e o rumo que estamos tomando. Já vi que serei tocada por esse livro. Dica mais do que anotada! Sua resenha ficou ótima!!
    bejinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  3. Tudo nesse livor me interessa: a capa, o título e o enredo, mas saber que já no priemrio capitulo somos fisgados, me faz querer ler o livro imediatamente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Polly, tudo bem? Ah, eu amei tanto essa edição. Não sabia que fazia parte da coleção Romances de hoje. Mais um motivo para colocá-lo na minha listinha. Quanto a história deve ser um dilema estar prestes a se casar e descobrir que não é aquilo que se quer, ou pior, casar com alguém que não amamos 100%. Relacionamentos é um tema delicado ainda mais quando não temos certeza de seguir em frente. Antes de mais nada é preciso conhecer a si mesmo. Como poderemos amar alguém se não temos um relacionamento íntimo pessoal? Amei essa jornada de autodescoberta. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Instagram

© Entre Livros e Personagens – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in