.

Resenha #287: Malibu Renasce

 



Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de conversar um pouquinho sobre Malibu Renasce, da Taylor Jenkins Reid.



Desde o primeiro livro que li dessa autora, não consigo mais ver um lançamento dela e não desejar. Não foi diferente com Malibu Renasce, que furou toda e qualquer fila de leituras que eu tivesse na época


Neste livro temos a história voltada aos filhos de Mick Riva (se você leu “Os sete maridos” ou “Daisy Jones”, este nome lhe é familiar): Nina, uma talentosa surfista e modelo; Jay, um surfista profissional; Hud, um renomado fotógrafo esportivo e Kit, a irmã mais nova.


No início do livro sabemos que cada um deles está passando por um dilema e escondendo alguns segredos da família. A famosa festa realizada pelos irmãos está prestes a acontecer. Tudo o que sabemos é que em algum momento essa festa saíra do controle e pegará fogo – literalmente.


Em paralelo com os acontecimentos do dia da festa, temos também a história da família Riva, que é marcada pelo abandono físico e afetivo por parte de Mick, o alcoolismo da mãe e a necessidade dos irmãos ainda muito novos de se manterem unidos.


E acredito que isso é tudo o que posso contar do enredo sem dar spoilers! Pois é, nós leitores sabemos bem pouco sobre a trama quando começamos, mas vale a pena começar essa leitura um tanto quanto no escuro.



Adorei essa forma de narrar da Taylor, onde sabemos que algo grande acontece, mas vamos descobrindo aos poucos o caminho que leva tudo até o final.


Outro ponto que curti bastante foi a construção dos personagens principais e do antagonista Mick. Senti que todas as questões trazidas foram muito bem abordadas e que os personagens realmente tiveram uma jornada de amadurecimento ao longo da trama, ainda que a mesma se passe em um período tão curto de tempo.


Mas como nem tudo são flores, eu senti que faltou algo sabe? Geralmente os livros da Taylor nos deixam com aquela impressão de que estamos lendo sobre personagens reais e senti muita falta disso nesse livro.


Outro ponto que me incomodou também foi a questão de muitos núcleos terem sido trazidos a festa, deixando tudo um pouco confuso e cansativo, quando tinha uma questão central da qual eu queria ter visto muito mais.


Esses foram os pontos que não gostei tanto, o que não quer dizer que não curti o livro, muito pelo contrário. Adorei a trama e vários de seus pontos, no entanto, devido as ressalvas que fiz, este só não se tornou mais um favorito da autora.


Mas agora quero saber de vocês! Já leram Malibu Renasce? Tem vontade? Me contem nos comentários! Beijos e até o próximo post!




Autora: Taylor Jenkins Reid

Editora: Paralela

Nº de Páginas: 365

Os quatro filhos de Mick Riva são conhecidos e admirados por toda Malibu. Mas não só pelo pai famoso. A cada ano os quatro dão uma festa épica para comemorar o fim do verão ― e a de 1983 promete. Ela dura apenas algumas horas, mas é suficiente para mudar a vida deles para sempre.

Malibu, agosto de 1983. É o dia da festa anual de Nina Riva, e todos anseiam pelo cair da noite e por toda a emoção que ela promete trazer.

A pessoa menos interessada no evento é Nina, que nunca gostou de ser o centro das atenções e acabou de ter o fim do relacionamento com um tenista profissional totalmente explorado pela mídia. Talvez Hud também esteja tenso, pois precisa admitir para o irmão algo que tem mantido em segredo por tempo demais, e parece que esse é o momento. Jay está contando os minutos, pois não vê a hora de encontrar uma menina que não sai de sua cabeça. E Kit também tem seus segredos ― e convidado ― especiais.

Até a meia-noite, a festa estará completamente fora de controle. O álcool vai fluir, a música vai tocar e segredos acumulados ao longo de gerações vão voltar para assombrar todos ― até as primeiras horas do dia, quando a primeira faísca surgir e a mansão Riva for totalmente consumida pelas chamas.


2 comentários:

  1. Oie, tudo bem? Ah, eu comecei a ler esse livro em dezembro e amei a ambientação do início. Pensar na praia, no surf, nas festas, é uma vibe bem verão. Eu ainda não conheço a escrita da autora mas até onde li estou gostando. Uma pena ter tido alguns pontos que você não curtiu, creio que faz parte. Os livros do Harlan Coben costumam ter muitos núcleos, talvez por isso seja mais fácil ler obras parecidas. É questão de costume. Estou curiosa para ler outros livros da autora. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  2. Oi Polly!

    Eu li uma resenha recentemente sobre este livro e confesso que estou bem curiosa para descobrir todas as histórias e segredos dessa família. Ainda mais sabendo que a história se passa nos anos 80. Assim também será uma ótima oportunidade para conhecer a escrita da Taylor e anotei as ressalvas que deixou. Por isso vou ler o livro com cautela. Obrigada pela dica.

    Bjos

    ResponderExcluir

Pollyanna Campos

Mineira, apaixonada por livros, advogada, viciada em romances de época, séries e café. Ama viajar, ouvir a mesma música, ver os mesmos filmes, reler suas citações literárias favoritas e cuidar de suas plantas.




Caixa de Busca

Seguidores

Instagram

Youtube


Posts Populares

Destaque

Resenha #309: Uma noite na Itália

  Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de conversar um pouquinho sobre “ Uma noite na Itália ”, escrito pela autora Lucy Diamond !

Arquivos

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Entre Livros e Filmes

Entre Livros e Séries