Resenha #156: Outlander - A viajante do tempo

Título: Outlander - A viajante do tempo
Autora: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 752

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Olá pessoal, tudo bom com vocês? A resenha de hoje é sobre um livro incrível, que virou série de TV (que também amo), com um enredo super diferente, um amor além do tempo e com um daqueles crushs literários para ninguém botar defeito! Vamos falar um pouco sobre Outlander – A viajante do tempo
Claire e Frank Randall eram recém-casados quando foram servir na segunda guerra mundial.  Em 1945, quando esta chega ao fim, eles não são mais as mesmas pessoas que eram quando se casaram.

Visando descobrir quem se tornaram após a segunda guerra e assim se “conhecerem” novamente, o casal viaja em uma segunda lua de mel para Inverness, nas ilhas Britânicas.

Durante esta viagem, Claire é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual acaba testemunhando um ritual misteriosos.

Dias depois, no mesmo lugar, algo inexplicável acontece: ela toca nas pedras e de repente se vê no século XVIII, no ano de 1743, numa Escócia dominada por clãs guerreiros e extremamente violenta.

Parecia inconcebível, mas todas as evidências indicavam que eu estava em um lugar onde os costumes e a política do final do século XVIII ainda vigoravam. Eu teria imagino que tudo não passava de algum tipo de espetáculo à fantasia, se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamam de Jamie.

Ao perceber o ocorrido, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que ameaçam sua vida. É em meio a este caos que conhece Jamie, um jovem guerreiro que mexe com seus sentimentos. Entretanto, ainda precisa voltar para Frank, seu marido, mas, como? É em meio a sentimentos divididos, intrigas, desafios e romance que veremos quais aventuras e caminhos Claire seguirá. Ela conseguirá sobreviver? Vai se entregar ao desejo que sente pelo escocês? Conseguirá regressar ao presente e retomará seu casamento?  Será que após conhecer e conviver com toda essa nova realidade, ela ainda terá vontade de voltar para o futuro?


Falar deste livro é um verdadeiro desafio para mim, mas isso nada tem relação com a suas quase oitocentas páginas. Na verdade, se tornou difícil falar desta obra, da série no geral, porque simplesmente me apaixonei pela trama criada por Diana Gabaldon e não sei se consigo ser imparcial, uma vez que sinto todo esse amor por seus personagens e enredos.

Outro ponto que torna essa resenha super difícil é não dar nenhum spoiler para vocês! Sabe aquele tipo de livro/história que é tão, mas tão incrível que queremos comentar cada acontecimento, cada cena, da forma mais detalhada possível? Eis aqui uma destas situações! Mas podem ficar tranquilos que prometo me controlar e esta resenha vai ser livre de qualquer tipo de spoiler, afinal, quero que leiam essa série e se surpreendam assim como aconteceu comigo.  Só peço desculpas de antemão se me empolgar demais! Sabem como é amor de fã, né? rs


Confesso a vocês que me propus a ler Outlander por causa de toda hipe que estava sendo criada em relação a série que estava sendo lançada na tv, na época! Não coloquei muita fé, acreditando que colocando aventuras no meio do romance, bem, eu acabaria entediada e abandonaria a série e o livro... mas obviamente estava enganada. Tão enganada que estou aqui, anos depois, relendo este livro e falando com vocês sobre ele! Haha

O começo do livro demora um pouco a ganhar ritmo. Estamos sendo apresentados de uma maneira um tanto quanto descritiva a nossos personagens, a suas vidas e claro, as suas expectativas em relação ao seu relacionamento.

Quando Claire viaja no tempo, ficamos tão perdidos e ansiosos por respostas quanto ela, até que aparece o crush de todas nós que lemos outlander: James Alexander Malcolm Mackenzie Fraser, nosso guerreiro escocês ruivo, que acaba vendo seu destino se misturar com o de Claire, a sassenach (estrangeira), resgatada de ser violada.

E meus queridos, a partir daí não tem narrativa lenta mais não! A história se torna um tiro atrás do outro e você mal tem tempo de tomar fôlego para o próximo acontecimento antes de ser surpreendido. É um enredo de viajem no tempo repleto de ação, aventuras, romance e intrigas que te prende até sua última página, sendo impossível largar antes de terminar – mesmo com 752 páginas! Rs

O enredo é muito bem construído e além do pano de fundo político e social que acompanhamos, temos ainda o choque cultural entre nossos personagens, afinal, não seria um mar de rosas um romance entre uma mulher do século XX e um homem do século XVIII, não é mesmo? Mas que fique claro que, em que pese a diferença cultural, este é um romance avassalador, daqueles que te fará suspirar, se emocionar, se angustiar e querer mais daqueles personagens ao fechar o livro, porque, cá entre nós? Claire e Jaime são o melhor ship que você respeita! É impossível ler este livro e não se apaixonar pelos dois!

Todos os personagens dessa série são muito bem construídos, tendo grande importância para o deslinde do enredo. Aqui temos também um antagonista que é impossível não odiar: Black Jack Randall! Se vocês terminarem este livro sem odiá-lo eu troco meu nome (não que eu pretenda realmente cumprir isto rs).

Quanto ao enredo, temos cenas fofas, cenas românticas, algumas mais calientes... mas temos também cenas fortes, daquelas de embrulhar o estômago. Não vou dar spoilers, obviamente, mas comecem o livro preparados para estas cenas, para que não sintam o impacto que senti.


E como se não bastasse tudo o que já falei, que faz com que nos apaixonemos pelos livros, ainda tem uma série, extremamente fiel ao trabalho de Diana Gabaldon, que acaba de ganhar nossos corações de vez!

A série que tem Catriona Balfe interpretando Claire, Sam Heughan – Jamie Frazer e Tobias Menzies Black Jack e Frank, acaba nos ganhando de vez. Sinceramente? Os atores escolhidos são exatamente como eu imaginava os personagens, então não podia ser melhor!

Fotografia, adaptação, trilha sonora, roteiro, tudo é extremamente perfeito, até mesmo a adaptação das cenas mais polêmicas do livro. As paisagens de fundo são apaixonantes e o figurino impecável!

Outlander se encontra atualmente em sua terceira temporada e até agora não tenho absolutamente nada do que reclamar - o que é um verdadeiro milagre, quando se trata de uma adaptação literária! rs

 A série é para maiores de 18 anos, ok? Então, se já tiverem idade, se joguem! Rs Garanto que vão amar! 


Enfim! Nem preciso dizer o quanto recomendo este livro, não é mesmo? rs Deixem-se apaixonar pela história de Claire e Jamie, se envolvam em suas aventuras e viagem no tempo através desta trama extremamente bem escrita, envolvente, com personagens apaixonantes e com um enredo de tirar o fôlego. Garanto a vocês, não vão se arrepender! ♥

E esta foi a recomendação de hoje, pessoal! Espero que tenham gostado. Não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!

10 comentários:

  1. Eu amo essa série!!!!
    Li esse livro em menos de uma semana e fiquei com aquele gostinho de quero mais!!!
    Diana Gabaldon consegue prender a atenção do leitor do início ao final do livro!!! Adorei a sua resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, sabe que me deu vontade de voltar lá pra 2014 quando a série começou? Eu me deparei super por acaso num site de downloads de filmes/séries (culpada haha) e quando li a sinopse, me apaixonei. Isso que a série nem tinha estreado na tv (estreou dia 16/08 mas o site da Starz liberou o primeiro epi dia 9, então tive que esperar mais pelo segundo aff kkkkk durante isso vi 3x o primeiro). Lembro que só parei no cartaz (lindo por sinal) pra ler a sinopse pq achei que o Sam fosse o Hugh Dancy. AI MEU DEUUUUUS, daí pra frente foi só tiro mesmo kkkk pq eu baixei no dia que vi (era domingo, dia 10, lembro direitinho) e assisti na quinta feira, quando cheguei do curso. Menina, eu não tenho memória boa, mas eu fiquei TÃO impactada que lembro de todos esses detalhes de datas. Lembro também que a abertura foi que me arrebatou e que eu assisti comendo beijinho de panela que minha irmã tinha feito. Eu juro que um episódio nunca me deixou tão no chão quanto "Sassenach", sério. Tanto que logo já baixei o livro e fui ler. Virei a louca de Outlander durante a primeira temporada. kkkkkk
    Hoje em dia meu caso de amor está menos "fogoso" kkkkk Tanto que nem terminei a terceira temporada ainda, e estou indo pro quarto livro, mas sem pressa. Confesso que gosto até mais da série, na verdade.
    Aff, sua resenha me trouxe de volta as lembranças daquela época tão gostosa! Adorei e, como vc, recomendo sempre! Mas sim... com estômago preparado e, claro, um estoque de lencinhos hehe
    Beijoooo

    http://www.cafeidilico.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!
    Eu estou louca para ler Outlander e me segurando para não ver a série, pois quero ler o livro antes de ver a série.
    Na época dos murmurinhos sobre o livro eu meio que deixei ele de lado, pois para mim não fazia muito sentido começar um livro só porque inúmeras pessoas estavam falando sobre ele e apesar de gostar de histórias de época fiquei com o pé atrás.
    Mas após ver inúmeras resenhas sobre os livros, estou mais do que louca para começar a série ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é tão sensacional! Confesso que o numero de páginas me assusta um pouquinho, eu não estou habituada a esse gênero então tenho medo de pegar um calhamaço como primeira leitura, sabe? Mas esse romance no meio da história me deixa tão curiosa, não adianta fugir, preciso ler.

    ResponderExcluir
  5. Falou de segunda guerra mundial eu já adorei, principalmente essa pegada ficção cientifica. Meu deus, já me apaixonei pelo enredo sem nem começar a ler. Sua resenha está maravilhosa, estou morrendo de vontade de ler este livro. Que máximo!!

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi muitas opiniões tanto sobre a série quando sobre o livro é apesar da curiosidade ainda não li ou vi nada desse universo.
    Talvez pq tenha visto tanto opiniões negativas quanto positivas sobre ela é que esteja relutando em fazer qualquer um dos dois. Não queria odiar a série ou o livro pois a premissa é tão interessante.

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Eu também quis ler os livros por causa da afobação que estava em torno da série de TV (que eu também corri para assistir...haha'), mas o tenho há mais de um ano, parado na estante, e ainda não senti vontade de ler. Acho que tinha tantas expectativas que deu medo de me decepcionar, né?
    Fico feliz em saber que gostou tanto do universo criado pela Diana, ela é incrível, né? Sou apaixonada pela Claire e pelo Jamie <3
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi!

    Eu li esse livro no ano passado e foi uma das melhores leituras com certeza! Além da história ser linda, bem escrita e envolvente. Eu amo a história se passar na Escócia e ainda mais em uma época tão interessante como 1700. Faço das suas palavras, as minhas. Não vejo a hora de continuar a leitura :)

    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá Polly,
    Ainda não li esses livros, mas estou bem curiosa para fazer a leitura deles, pois amo a premissa deles. A única coisa que não me agrada - confesso - é o tamanho dos livros. Gostei demais do que você disse sobre a construção da história e dos personagens e entendo o seu lado de que quer contar tudo sobre um livro, eu já passei por isso. Também achei muuuito legal por saber que a série te agradou e que você a indica, preciso ler essa série, preciso parar de ter medo rs.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu já conhecia a série a um tempão, mas nunca parei pra assistir, apesar dela estar sempre na minha lista. É aquela coisa, que vc vai passando tudo na frente e no fim não vê nada. Recentemente eu soube dos livros, acredita? Aí já coloquei na minha lista também e espero não ficar procrastinando como eu fiz com a série hahaha
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir