Resenha #227: Um casamento americano


Título: Um casamento Americano
AutoraTayari Jones
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 228
Os recém-casados Celestial e Roy são a personificação do sonho americano e do empoderamento negro. Mas um dia os dois são separados por circunstâncias imprevisíveis: Roy é condenado a doze anos de prisão por um crime que Celestial sabe que ele não cometeu.
Mesmo impetuosa e independente, Celestial é dominada pelo desamparo e busca conforto nos braços de um amigo de infância.
Quando a condenação de Roy é anulada repentinamente depois de cinco anos, ele sai da prisão pronto para retomar a vida com a esposa.
Um casamento americano lança um olhar perspicaz ao coração e à mente de três pessoas unidas e separadas por forças além do seu controle, e que precisam lidar com o passado enquanto seguem – com esperança e dor – em direção ao futuro.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Recentemente a editora Arqueiro lançou um livro que foi publicado originalmente no Brasil pela Tag. Eu estava super curiosa para conferir a leitura de Um casamento Americano desde seu primeiro lançamento, então, quando anunciado eu mais que depressa resolvi solicitar e realizar a leitura. Que tal conferir minhas impressões em relação a este livro?

Resenha #226: A Dama mais desejada


Título: A Dama mais desejada
AutoraJulia Quinn; Eloísa James e Connie Brockway
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 271
Três das estrelas mais brilhantes dos romances de época convidam você para uma festa na casa de campo do ilustríssimo marquês de Finchley.
Hugh Dunne, o irresistível conde de Briarly, precisa de uma esposa. Para ajudá-lo, sua irmã convida as mais elegantes damas da sociedade, assim como alguns cavalheiros, para uma festa em sua propriedade.
A reunião inclui a incrivelmente bela (e dolorosamente tímida) Gwendolyn Passmore, a sincera e adorável Katherine Peyton e a viúva lady Georgina Sorrell, além de alguns condes e até um arrojado herói de guerra.
Durante o evento, que promete ser o grande acontecimento da temporada, Hugh terá tempo suficiente para eleger a dama que mais deseja. A não ser que outro cavalheiro seja mais rápido.
Nesse caso, quem sabe ele acabe cortejando uma moça que definitivamente não está no mercado casamenteiro, e que vai exigir uma boa dose de perseverança...
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Recentemente a Editora Arqueiro lançou  um romance de época pra lá de diferente! Ele foi escrito por três autoras diferentes, compondo uma mesma trama, e é repleto de histórias de amor que se entrelaçam. Que tal conferir quais foram minhas impressões de leitura?

Resenha #225: A Pequena Livraria dos Sonhos


Título: A pequena livraria dos sonhos
AutoraJenny Colgan
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 301
A PEQUENA LIVRARIA DOS SONHOS FAZ PARTE DE UMA NOVA COLEÇÃO DE ROMANCES DA EDITORA ARQUEIRO, “ROMANCES DE HOJE”.
Um romance sobre importância da leitura e da literatura para diversos tipos de pessoa.
"Nina é uma leitora voraz que sonha em ter a própria lojinha de livros. Só que a vida real é um pouco mais complicada que as histórias que ela ama ler, o que ela descobre quando se muda para as lindas Terras Altas da Escócia para transformar seus sonhos em realidade… Tentei escrever o tipo de livro que adoro – convidativo, engraçado (ESPERO), com caras gatinhos (LÓGICO), mas também totalmente dedicado a nós, amantes de livros: os leitores.Venha se juntar à nossa turma!" Beijos, Jenny
Nina Redmond é uma bibliotecária que passa os dias unindo alegremente livros e pessoas – ela sempre sabe as histórias ideais para cada leitor. Mas, quando a biblioteca pública em que trabalha fecha as portas, Nina não tem ideia do que fazer.
Então, um anúncio de classificados chama sua atenção: uma van que ela pode transformar em uma livraria volante, para dirigir pela Escócia e, com o poder da literatura, transformar vidas em cada lugar por que passar.
Usando toda a sua coragem e suas economias, Nina larga tudo e vai começar do zero em um vilarejo nas Terras Altas. Ali ela descobre um mundo de aventura, magia e romance, e o lugar aos poucos vai se tornando o seu lar.
Um local onde, talvez, ela possa escrever seu próprio final feliz.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Recentemente a Editora Arqueiro iniciou um novo selo chamado Romances de hoje! Nesta nova coleção teremos livros sobre mulheres atuais lidando com problemas do dia a dia, buscando conquistar seu espaço. As personagens principais são mulheres comuns tentando lidar com as adversidades, enquanto buscam também seu final feliz, ainda que o foco desses livros não seja o romance romântico. Enfim! Parece fantástico né? Por isso não poderia deixar de conferir um desses romances e acabei optando por começar com A pequena livraria dos sonhos. Que tal conferir minhas impressões de leitura?

Resenha #224: Esse Duque é meu


Título: Esse Duque é meu
AutoraEloísa James
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 317
Nas mãos de Eloisa James, autora de best-sellers do USA Today e The New York Times, os contos de fadas que amamos quando crianças assumem uma nova vida vibrante e sensual. 
Era uma vez, numa época não muito distante…
Para Olivia Lytton, seu noivado com o duque de Canterwick é mais uma maldição do que uma promessa de ser feliz para sempre. Pelo menos o título de nobreza dele ajudará sua irmã, Georgiana, a garantir o próprio noivado com o carrancudo – e lindo – Quin, o duque de Sconce, um par perfeito para ela em todos os sentidos.
Quer dizer, menos em um, porque Quin está apaixonado por Olivia. A curvilínea, teimosa e inconformista irmã gêmea de sua noiva desperta um desejo desconhecido nele. Mas Quin nunca coloca a paixão à frente da razão, e a razão lhe diz que Georgiana é a noiva perfeita.
Quando eles não conseguem resistir à paixão, correm o risco de colocar tudo a perder – o noivado de Olivia, a amizade dela com a irmã e o próprio amor dos dois.
Agora só há uma coisa capaz de salvá-los, e ela espera no quarto, onde um magnífico colchão guarda respostas transformadoras ao enigma mais romântico de todos.
No quinto livro da coleção Contos de Fadas, Eloisa James traz de volta à baila uma pergunta antiga: será que a perfeição tem alguma coisa a ver com o amor?
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de falar do último volume de mais uma série finalizada de romances de época, onde os livros eram inspirados em contos de fadas. Que tal conhecer minhas impressões sobre Esse Duque é meu, da Eloísa James?

Resenha #223: Agora e Sempre


Título: Agora e Sempre
AutoraJudith McNaught
Editora: Bertrand Brasil
Nº de Páginas: 350
O premiado romance histórico da autora best-seller Judith McNaught com orelha assinada por Carina Rissi.
Após perder os pais em um trágico acidente, Victoria Elizabeth Seaton é enviada para a Inglaterra, onde se espera que reivindique seu lugar de direito na sociedade inglesa. Assim que chega à suntuosa propriedade de Jason Fielding, ela é vista por seu tio Charles como a mulher perfeita para o sobrinho. Assustada com a má fama do marquês de Wakefield, Tory jamais pensaria que sob a frieza e a amargura de Jason haveria lembranças de um passado doloroso a atormentá-lo. Ele, por sua vez, acredita ser incapaz de amar de verdade, quem quer que seja. Juntos, Victoria e Jason descobrirão até que ponto se pode conter um coração que quer se entregar e todos os obstáculos que só um amor verdadeiro é capaz de vencer.
 Olá pessoal, tudo bom com vocês? Quem aí estava com saudades de resenha de romance de época?! Eu não sei vocês, mas eu estava morrendo de saudades de falar desse gênero que amo tanto! E para matar essa saudade, vamos fazê-lo em grande estilo, falando de um lançamento que é também meu primeiro contato com a escrita da autora. Bora conversar um pouquinho sobre Agora e sempre, da autora Judith McNaught, lançado pela Bretrand Brasil?