Resenha #234: O ceifador


Título: O ceifador
AutoraNeil Shusterman
Editora: Seguinte (Companhia das Letras)
Nº de Páginas: 448
Primeiro mandamento: matarás.
A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade.
Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje vamos conversar um pouquinho sobre uma distopia que ganhou a blogosfera no ano retrasado, com a qual eu fui bem reticente. Achei que seria apenas mais uma entre a onda de distopias que vinha surgindo, no entanto, posso adiantar que estava bem enganada! Que tal conferir minhas impressões de leitura de O Ceifador, do autor Neil Shusterman

Resenha #233: Uma bolota molenga e feliz


Título: Uma bolota molenga e feliz
AutoraSarah Andersen
Editora: Seguinte (Companhia das Letras)
Nº de Páginas: 136
As incríveis tirinhas de Sarah Andersen são para nós, que não economizamos dinheiro na livraria, vivemos à base de café, deixamos tudo para a última hora, somos especialistas em roubar o blusão alheio, não sabemos nos comportar em situações sociais e insistimos em Pensar Demais. Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real.
Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. Tudo isso com o mesmo tom sincero, leve e divertido que já conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Ano passado eu trouxe a resenha de um compilado de tirinhas da autora Sarah Andersen Ninguém vira adulto de verdade – e se você acompanha o blog sabe que eu simplesmente amei a leitura! Recentemente tive a oportunidade de ler Uma bolota molenga e feliz, da mesma autora, e hoje venho contar um pouco dessa experiência para vocês. Que tal conferir?

Resenha #232: Um cavalheiro a bordo


Título: Um cavalheiro à bordo
AutoraJulia Quinn
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 288
Ela estava no lugar errado…
Durante um passeio pela costa, a independente e aventureira Poppy Bridgerton fica agradavelmente surpresa ao descobrir um esconderijo de contrabandistas dentro de uma caverna.
Mas seu deleite se transforma em desespero quando dois piratas a sequestram e a levam a bordo de seu navio, deixando-a amarrada e amordaçada na cama do capitão.
Ele a encontrou na hora errada…
Conhecido entre a alta sociedade como um cafajeste e um corsário inconsequente, o capitão Andrew James Rokesby na verdade transporta bens e documentos para o governo britânico.
No meio de uma viagem, ele fica assombrado ao encontrar uma mulher na sua cabine. Sem dúvida sua imaginação está lhe pregando peças. Mas, não, ela é bastante real – e sua missão para com a Coroa o deixa preso a ela.
Será que dois erros podem acabar no acerto mais maravilhoso de todos? Quando Andrew descobre que Poppy é uma Bridgerton, entende que provavelmente terá que se casar com ela para evitar um escândalo.
Em alto-mar, as disputas verbais entre os dois logo dão lugar a uma inebriante paixão. Mas depois que o segredo de Andrew for revelado, será que ele conseguirá conquistar o coração dela?
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha de romance de época e vamos conversar um pouquinho sobre Um cavalheiro à bordo, o terceiro livro da série dos Rokesbys, escrita pela maravilhosa Julia Quinn. Que tal conferir minhas impressões de leitura?

Resenha #231: A criança do fogo


Título: A criança do fogo
AutoraS. K. Tremayne
Editora: Bertrand Brasil
Nº de Páginas: 368
O marido perfeito. O enteado perfeito. A mentira perfeita? Quando Rachel se casa com o maravilhoso David Kerthen e se muda para Carnhallow, sua vida é tomada por luxos, romance e um carinhoso enteado, Jamie. Porém, sua nova casa e sua nova família estão cercadas de segredos e mistérios que ela nem sequer consegue imaginar. O comportamento de Jamie começa a mudar, e suas perturbadoras profecias ameaçam abalar a sanidade de Rachel. À medida que o passado da família vem à tona, ela passa a questionar a verdade por trás da trágica morte da primeira esposa de David, temendo que a predição feita por seu enteado, de que ela irá morrer no dia de natal, se torne realidade. Fantasmas habitam os corredores de Carnhallow, mil anos de história ecoam nos frios túneis, antes ricas minas de estanho e cobre, que se expandem sob a propriedade, e a vida que Rachel acreditava ser perfeita de repente se torna um terrível pesadelo.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje venho conversar com vocês sobre um Thriller que li recentemente e que vem dividindo opiniões! Que tal saber como foi minha experiência de leitura com A criança do fogo?

Resenha #230: Uma loucura e nada mais


Título: Uma loucura e nada mais
AutoraMary Balogh
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 270
Mary Balogh já vendeu mais de 100 mil exemplares pela Arqueiro e é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times. 
Depois de sobreviver às guerras napoleônicas, Sir Benedict Harper está lutando para seguir em frente e retomar as rédeas de sua vida. O que ele nunca imaginou era que essa esperança viesse na forma de uma bela mulher, que também já teve sua parcela de sofrimento.
Após a morte do marido, Samantha McKay está à mercê dos sogros opressores, até que planeja uma fuga para o distante País de Gales para reivindicar uma casa que herdou. Como o cavalheiro que é, Ben insiste em acompanhá-la em sua jornada.
Ben deseja Samantha tanto quanto ela o deseja, mas tenta ser prudente. Afinal, o que uma alma ferida pode oferecer a uma mulher? Já Samantha está disposta a ir aonde o destino a levar, a deixar para trás o convívio com a alta sociedade e até mesmo a propriedade que é sua por direito, por esse...
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de comentar um novo volume de uma série pela qual eu sou simplesmente apaixonada: o clube dos sobreviventes! Como vocês já sabem, trata-se de uma série que conta a história de sete amigos feridos direta ou indiretamente nas guerras napoleônicas e que encontram uns nos outros a força para seguir adiante, para se reerguerem. Em Uma loucura e nada mais conheceremos a história de mais um desses amigos. Que tal conferir minhas impressões de leitura?