Resenha #235: Esperança


Título: Esperança
AutoraLesley Pearse
EditoraArqueiro
Nº de Páginas: 560
Inglaterra, 1836. O nascimento de Hope pode ser o prelúdio de um escândalo. Prova do adultério da aristocrata lady Harvey, a menina é entregue a uma das empregadas e cresce sem saber de sua verdadeira origem.
Porém, quando completa 14 anos e vai trabalhar na mansão dos Harveys, ela vê algo que não deveria e é forçada a fugir para os cortiços de Bristol, em meio à miséria e à doença.
Durante uma epidemia de cólera, a coragem e a gentileza de Hope provocam uma reviravolta em sua vida e ela se vê envolvida em uma guerra, cuidando dos doentes. Mas o destino parece ter outros planos para Hope, e logo a jovem precisará enfrentar os segredos por trás de seu nascimento.
Esperança é um romance impactante sobre uma mulher que, apesar de todos os empecilhos, mantém em seu coração o desejo de um dia encontrar a felicidade que tanto merece.
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Recentemente li um romance histórico diferente de tudo que estava lendo e é claro que não poderia deixar de comentar sobre ele com vocês! Que tal conhecer um pouco sobre Esperança, da autora Lesley Pearse?
O livro é ambientado em 1836 e tem seu início em uma mansão aristocrática inglesa, onde Lady Harvey está dando a luz a uma filha ilegítima - Hope. A bebê, que a princípio acredita-se estar morta, é levada por uma serviçal que descobre que a menina na verdade está viva.

Com medo do futuro que a criança possa a vir a ter se for deixada em uma casa de recolhimento, uma das serviçais leva a criança para sua casa, para que possa ser cuidada por sua mãe.

Aos quatorze anos, sem saber sobre sua origem, Hope vai trabalhar de serviçal na mansão dos Harveys. A moça é feliz no local, no entanto, após descobrir um segredo ela se vê forçada a fugir para Bristol, em meio a uma miséria e doença que ela jamais conheceu.

No entanto, sua sorte tende a mudar devido a seu bom coração. Em meio a uma epidemia de cólera, sua bondade a levará a cuidar de doentes e posteriormente ela se verá em meio à guerra.

Esperança é um romance sobre uma garota que se fez mulher em meio às diversidades, sem perder sua bondade e fé, mesmo quando tudo parecia desmoronar. É sobre uma mulher em constante busca pela merecida felicidade e realização de seus sonhos, que nos encanta e emociona.
Esse foi provavelmente o apanhado de história mais difícil de fazer. Não por ser complexa por seu número de páginas e sim pelo livro nos levar por uma viagem que dura anos, onde muitos personagens surgem e nos deixam a cada novo virar de páginas.

Aqui temos um romance de formação, onde acompanhamos Hope e todos aqueles que cruzaram sua vida desde seu nascimento até o desfecho da história. Acompanhamos a história de um bebê ilegítimo levado para ser criado pela família de uma criada até o momento que atinge sua vida adulta. Vemos uma criança doce e amada passar por provações que nunca imaginou e por perdas cruéis, sem deixar de lado sua doçura e bondade.

Vemos Hope se transformar em uma mulher resiliente através dos anos, que não se deixou endurecer nem perder sua essência através das provações da vida. É uma personagem com uma evolução incrível, que nos cativa e conquista a cada virar de páginas.

É impossível não torcer por ela, não se emocionar com sua história. Muitas vezes eu tinha vontade de abraçar a personagem, tamanha forma que me envolvi com a trama.

Falando em trama, a mesma é muito bem construída ao longo de suas páginas, nos apresentando um panorama amplo sobre a história da personagem principal e dos secundários também, que são muito bem construídos e fundamentais.

Um ponto que simplesmente amei nesse livro é não termos apenas a visão glamorosa da era vitoriana. Aqui conhecemos o lado dos serviçais, que são tratados como meros objetos dos nobres, com pouquíssimos direitos e muitas obrigações; conhecemos também a parte carente da população e a forma como sobrevivem. Temos um vislumbre de como eram de fatos os hospitais que atendiam – ou tentavam – atender aos pobres e como uma doença poderia significar miséria para toda uma família.

Esse é um romance histórico carregado de drama, que envolve e emociona o leitor. Aqui temos sim uma história sobre perdas, mas temos também uma belíssima trama com uma forte mensagem de resiliência e esperança, que emociona e nos presenteia com um enredo tocante e apaixonante, que hoje recomendo a todos vocês.

Espero que tenham gostado da indicação de hoje! Não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!

13 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma estória muito envolvente, emocionante e reflexiva, então fiquei bem curiosa para ler. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Oi, Polly

    Eu ainda não consegui pegar esse para ler. Mas é o tipo de história que eu sei que vai me conquistar. Eu adoro a Lucinda Riley e pelo que pude perceber a pegada da construção da história deste livro é parecido com o que a Lucinda aborda quando conta histórias ambientadas no passado. Que interessante que neste livro a gente vê mais profundamente a questão do tratamento dos criados... nós romances de época fofinhos essa relação patrão-empregado é muito romantizada.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Essas leituras que nos envolvem e fazem a gente sentir as mesmas emoções dos personagens são ótimas.
    Impossível não sentir uma compaixão por Hope e toda a sua trajetória. Se o pouco que você falou do livro já deu aquele aperto no coração, lendo o livro eu já sei que vou me debulhar em lágrimas.

    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Li um livro da autora lá no distante 2013 e adorei. Nem sei porque não li mas nada dela e agora lendo a sua resenha deste livro, fiquei bem curiosa com a protagonista - acho que vou torcer muito por ela também, e com a trama que parece ser bem consistente. Já quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Confesso que essa capa não me atraiu e por causa disso acabei não pesquisando mais sobre ele. E agora lendo sua resenha, percebi que estava perdendo uma grande história. Um romance histórico que mostra o lado dos serviçais é totalmente diferente do que já tinha lido e achei bem interessante. Vou anotar a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nossa, mas parece um romance daqueles carregados de drama mas que a gente não consegue parar de ler hein? Por um tempo, achei que esse era a continuação de um outro livro da autora que foi lançado pela Novo Conceito
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi Polly.
    Eu conheço os livros da Lesley desde que ela foi lançada lá atrás pela Novo Conceito. Ainda não li nenhum, mas sempre me pareceu que os livros dela tinham tramas muito boas.
    Gostei de saber que é assim nesse livro, e que principalmente, nós temos as visões das várias classes sociais sobre o mundo da época. Já ta bem chato isso da gente saber só o que se passa na aristocracia.
    Me interessei bastante, sua resenha me deixou bem mais curioso pra saber mais sobre o livro. Só não curti muito essa capa.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem? Não conheço os livros da autora mas pela resenha é possível perceber quão cheia de sentimentos é a história. Primeiro gostei da ambientação, amo esse clima britânico que nos remete ao período histórico e nos prende ainda mais ao enredo. Segundo gostei do desenvolvimento da protagonista. Mulheres fortes que amadurecem durante a trama sempre têm algo a nos ensinar. Por terceiro gostei da edição está muito linda. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Os romances históricos normalmente mostram o lado nobre, personagens ricos e suas desavenças, sejam em família ou não. Mostrar o lado menos "glamouroso" da história, ainda mais tratando de um tema forte, envolvendo guerras e epidemias, deve ser uma leitura que envolve o leitor do início ao fim!!

    ResponderExcluir
  10. Que premissa boa de livro, parece que vou gostar da leitura. Curto leituras que são romance com alguns ensinamentos de não perder a essência apesar da vida que levou. Dica mais que anotada.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!!!
    Que romance mais maduro e que traz uma história assim de crescimento.
    Quando eu vi a capa jurava que se trataria de um romance de época, mas vejo que me enganei completamente.
    Adorei o livro e a resenha.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha visto esse livro, mas nunca li nenhuma resenha dele. Achei que se tratasse de outro assunto. Achei bem interessante, e como sou apaixonada por romances de época, já vou colocar na minha lista de desejados. Adorei a dica!

    Beijos.

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiee, tudo bem?

    Eu amo a escrita da Lesley e como ela cria sua personagem e molda suas historia a forma como ela junta tudo faz seus livros ser incríveis, sua resenha me deixou bastante curiosa com esse livro e já coloquei na minha lista de compra.

    Coisas de Mineira.
    www.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir