Destaques

Resenha #261: Contratempo

Por Polly - Entre Livros e Personagens •
11 agosto 2020
Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje é dia de resenha aqui no blog e vamos conversar um pouquinho sobre o romance nacional Contratempo, escrito pela Ivi Campos! Bora conhecer um pouco desse livro incrível?

Se você costuma frequentar blogs literários, com toda certeza já acabou passando em algum momento pelo blog da Ivi, o Meu amor pelos livros e foi por lá que acabei conhecendo-a e acompanhando seu trabalho desde então. Agora tive a oportunidade de conhecer sua faceta como escritora e já adianto para vocês que foi uma ótima experiência.

Contratempo já começa de uma forma que nos deixa apreensivos. Começamos conhecendo Letícia, indo para Santa Maria em 26 de janeiro de 2013, para ir a uma festa universitária com sua amiga. Talvez a data não te remeta de cara ao que aconteceu, mas o nome da cidade com toda certeza vai te lembrar a tragédia que aconteceu ali na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013, quando uma casa noturna pegou fogo, matando 242 pessoas e 116 feridos.

Mas a tragédia não é o ponto central da trama. Na verdade, ele começa nos contando que Letícia, uma modelo internacional, uma das mais bem pagas da atualidade, que se aposentou ainda jovem, decidiu voltar ao Brasil para encontrar o pai, com quem nunca teve contato. Ela sempre se sentiu incompleta e sente a real necessidade de saber quem foi o pai, entender de fato toda sua história e sua origem.

Neste ponto conhecemos Lais, a mãe de Letícia, uma mulher forte, determinada e capaz de fazer tudo pela filha. Até mesmo reviver um passado de 21 anos para ter a certeza de que o homem que ela vai encontrar ainda é uma boa pessoa.

Ela teve um passado conturbado com Rodrigo, pai de sua filha. Uma série de acontecimentos os separou e agora, ela vai de certa forma revisitar essa história, revirar as memórias que ela manteve para si. A história dos dois é marcada por lacunas, maus entendidos, questões não resolvidas e não vai ser nada fácil para Lais reviver tudo aquilo.

Então, teremos uma história narrada entre presente e passado, por dois pontos de vista, um em terceira pessoa – onde conhecemos mais sobre Letícia, seus anseios e a forma como ela sempre se esforçou para encontrar o pai e uma narrativa em primeira pessoa, onde acompanhamos os receios de Lais em revisitar seu passado, o amor por sua filha e a certeza de que ela faria qualquer coisa por ela, além de suas lembranças do passado, que nos são entregues em fragmentos, onde vamos entendendo o que aconteceu entre ela e Rodrigo e porque seus destinos se separaram de forma tão abrupta.

E é em meio a essas narrativas e a uma trama que fisga nossa atenção desde o início que Ivi nos prende e emociona.
Se vocês acompanham o blog, sabe o quanto tramas envolvendo dramas familiares me tocam de uma forma especial, sempre ganhando um espacinho no meu coração e com este livro não foi diferente.

Contratempo foi uma leitura que me despertou diversas emoções ao longo de sua trama. Se no início fiquei com o coração na mão ao descobrir que a tragédia ocorrida em Santa Maria estaria ligada de alguma forma ao destino de Letícia,  logo em seguida me vi curiosa, ansiando por respostas sobre a vida de Laís e Rodrigo, curiosa para descobrir como seu deu o amor entre os dois e saber o que aconteceu para que se separassem, o porquê de nunca mais se falarem, apreensiva para saber quem ele tinha se tornado.

E em meio a toda essa curiosidade, me afeiçoei muito a Lais, uma mulher forte, que passou por muitas adversidades e uma mãe incrível, capaz de fazer qualquer coisa pela filha, até mesmo reviver um passado que lhe é tão doloroso. 

E quando cheguei ao fim, bem, foi um misto de “preciso de respostas, preciso saber como tudo termina” e uma agonia enorme por saber o que estava por vir em relação a tragédia na festa universitária que ocorreu em Santa Maria. Me senti com o coração apertado, me emocionei, derramei algumas lágrimas e fui tomando os sentimentos dos personagens como meus.
"Sei que as coisas não possuem lógica para acontecer. É como o sol e a chuva, todos estão sujeitos a eles, justos ou não".
Ler contratempo trouxe uma avalanche de emoções. Apesar de ser um livro curto, a narrativa de Ivi é feita na medida certa para nos fazer refletir, despertar emoções e até mesmo repensar sobre preconceito racial, socioeconômico e até mesmo sobre a própria tragédia anunciada ocorrida em Santa Maria e a impunidade em relação a ela, impunidade esta muito comum em nosso país.

A Ivi não não entra em detalhes em como essa tragédia afetou sua vida, mas deixa muito clara sua intenção: não deixar que a mesma caia em esquecimento e este livro cumpre esse papel de uma forma emocionante.

Esta foi uma leitura que fisgou desde o início e que recomendo muito a todos vocês. Como eu já disse, é uma leitura rápida, intensa, com personagens bem construídos e que nos prende logo no seu primeiro capítulo e por isso o recomendo hoje a todos vocês!

Contratempo foi o segundo livro lançado pela Ivi, de forma independente em formato digital. Ele está disponível na Amazon para compra e no Kindle Unlimited.

Espero que tenham gostado de conferir minhas impressões sobre contratempo. Me contem o que acharam, se já conheciam o livro... não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!




Título: Contratempo
AutoraIvi Campos
Nº de Páginas: 165
* PUBLICIDADE 
Lais se tornou mãe de Letícia ainda na adolescência, mas apesar de todas as dificuldades, educou a filha com sabedoria e a pequena criança acabou se tornando uma das modelos mais famosas do mundo. Porém Letícia quer encerrar a próspera carreira e realizar o sonho que tem desde quando era pequena. E para ajudar a filha, Lais terá que percorrer 21 anos de volta ao passado e relembrar sentimentos e situações que mudaram todos os seus planos e, além disso, contratempos podem impedir que Letícia consiga realizar o grande sonho da sua vida: Conhecer seu pai.

Comentários via Facebook

15 comentários:

  1. Que resenha linda!!!
    Fico feliz da história e dos personagens terem envolvido você e despertado emoções!!! Obrigada pelo espaço e pelo apoio e te desejo todo o sucesso do mundo nesta linda tarefa de disseminar a literatura!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o blog nem os livros da Ivi, mas já fiquei curiosa. Fui no blog dela e já estou seguindo, salvei o link aqui pra lembrar de visitar sempre que possível.
    Sobre sua resenha ... Caramba que cenário a autora colocou a história, com certeza essa tragedia não pode ser aquecida. Que bom que vc leu e se emocionou, fiquei curiosa então assim que possível irei conferir. Beijos e obrigada pela dica de literatura nacional, adoro!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Legal, gostei da indicação. Tanto do blog, como da obra. Interessante perceber como o livro lhe causou diversos sentimentos em poucas páginas. Achei a sinopse interessante e acredito que ela terá um impacto parecido sobre mim, pois sou muito intensa, rsrs. Vou procurar para ler.

    Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii,

    Não sabia que a Ivi tinha esse livro, eu conheço o blog dela, mas tem um tempo que não passa por lá.
    Como você, eu adoro dramas familiares e com certeza vou querer ler essa história! Amei ler a sua opinião!

    ResponderExcluir
  5. Oi Polly!
    Já visitei o blog da Ivi e acompanho, lendo sua resenha fiquei curiosa sobre a trama e o que realmente aconteceu para os pais da modelo se separarem assim. Vou ler com certeza, obrigado pela dica, parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  6. A Ivi escrevendo? Que coisa mais linda! O blog dela é um dos que mais acompanho por aqui e fico feliz em saber que ela tem se arriscado em outras áreas, espero poder ler assim que possivel!

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante a Ivi ter colocado o plano de fundo a tragédia de Santa Maria, deixa o livro interessante.
    A trama também da personagem é boa ♥ Vou querer, tp curiosa para saber qual será o desfecho

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Ahhh, eu adoro ler histórias que transitam entre o presente e o passado. Não conhecia esse livro ainda, mas fiquei bem curiosa para ler. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  9. Oii!
    AAAAH eu to sempre no blog da Ivy e nunca parei para procurar sobre ela que amoooor! Eu já to indo no Unlimited para buscar a obra hahaha.
    Gostei muito da sua resenha, fiquei muito curiosa para saber como tudo foi desenvolvido! Amei.


    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi. :)
    Achei simplesmente incrível sobre essa obra, adoro relatos reais que aconteceram, ainda mais sobre essa boate que era só o que passava nos jornais na época do acontecido.
    Não conhecia a obra nem a autora, mas quero muito ler essa aí. Amei sua resenha, me deixou curiosa.

    Beijos.
    Manuscrito de Cabeceira

    ResponderExcluir
  11. Oi, Polly!
    Eu já tinha visto que a Ivi tinha publicado dois livros e pelas suas resenhas, já dá para imaginar na qualidade das histórias.
    Eu não fazia ideia de que esse teria uma ligação com os acontecimentos da boate. Fiquei surpresa e até me deixou curiosa para ler.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/08/resenha-ps-ainda-amo-voce-livro-2.html

    ResponderExcluir
  12. Conheço sim o blog e a autora mas não conhecia a obra dela!
    Que maravilha!
    Fiquei supor curiosa com a história!
    Parabéns por essa resenha linda e obrigado pela dica!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Conheço a Ivi, sei que ela escreve bem pelos posts do blog dela! Acredito que a leitura tenha sido prazerosa! Parabéns pelo post!
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia a obra, mas parece que essa história é um turbilhão de emoções. Confesso que fiquei bem curioso para conferir a história na íntegra, pois parece ser um enredo intenso e surpreendente.

    ResponderExcluir
  15. Oi Polly, como está?
    Essa já é a segunda resenha que leio desse livro da Ivi Campos e casa vez mais me interesso por ele. Em especial porque envolve, pelo menos em parte, a tragédia da boate Kiss e fico pensando em como será que isso interfere na trama. Adorei a resenha.
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://www.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir

Instagram

© Entre Livros e Personagens – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in