Destaques

Resenha #284: Notas sobre o luto

Por Polly - Entre Livros e Personagens •
11 outubro 2021

 


Olá pessoal, tudo bom com vocês? Hoje vamos conversar um pouquinho sobre o último lançamento da Chimamanda: Notas sobre o luto.


A única certeza que temos na vida é a morte e ainda assim, uma das maiores dificuldades do ser humano é lidar com perda de alguém que se ama.


Quando soube do lançamento desse livro, não tinha conhecimento de que a autora abordaria os sentimentos descobertos por um luto tão recente, que foi a perda do pai em junho de 2020. Confesso a vocês que só por aí a admirei ainda mais!


Eu sou uma pessoa que tem muita dificuldade de lidar com a morte de pessoas que amo e sequer me imaginaria falando sobre esse sentimento tão complexo, que é a fase de luto, em um período tão curto de tempo. No entanto, é a Chimamanda, não é mesmo? E ela é capaz, sem dúvidas, de externalizar o que ela quiser através das palavras.



 "O luto é uma forma cruel de aprendizado. Você aprende como ele pode ser pouco suave, raivoso. Aprende como os pêsames podem soar rasos. Aprende quanto do luto tem a ver com palavras, com a derrota das palavras e com a busca das palavras."

 

Neste livro tão curto, de 139 páginas, Chimamanda vai compartilhar com seus leitores seus sentimentos com a perda do pai durante a pandemia de Covid no ano de 2020. Seu pai não morreu da doença, mas os aeroportos fechados e o período de distanciamento só fizeram piorar todas as sensações e sentimentos advindos com a perda.


Aqui ela compartilha cada uma das fases do luto: o sentimento de perda, a sensação de perder a pessoa amada com tanto ainda por compartilhar, as memórias que invadem a mente, o vazio por não ter mais aquela pessoa do seu lado, a incapacidade de se viver novas lembranças, o momento do sepultamento, a necessidade de uma despedida final, dentre vários outros aspectos que esse momento acaba trazendo consigo.


 "Nós não sabemos como será o nosso luto até o nosso luto acontecer."


Se você já perdeu alguém próximo, que amava, principalmente se foi de uma forma abrupta, é impossível não se identificar com diversas fases do luto que Chimamanda viveu e com a forma como ela coloca toda dor, toda saudade e sentimento de impotência em palavras.


Esse foi um livro que mexeu muito comigo. Escrito de uma forma simples, direta, crua e emocionante, é o tipo de livro curto para se ler aos poucos, sentindo cada uma das mensagens que este carrega em suas páginas.


Esta foi uma daquelas leituras que trouxe muitos sentimentos, que me fez revisitar memórias e sentimentos, trazendo acalento ao final da experiência e é por isso que recomendo hoje esta leitura a todos vocês.


Espero que tenham gostado da indicação de hoje, não deixem de comentar, ok? Beijos e até o próximo post!





 

Autora: Chimamanda Ngozi Adichie

Editora: Companhia das Letras

Nº de Páginas: 139


Escrito após a morte do pai de Chimamanda Ngozi Adichie em junho de 2020, durante a pandemia de covid-19 que mantinha distante a família Adichie, Notas sobre o luto é um poderoso relato sobre a imensurável dor da perda e as lembranças e resiliência trazidas por ela. Consciente de ser uma entre milhões de pessoas sofrendo naquele momento, a autora se debruça não só sobre as dimensões familiares e culturais do luto, mas também sobre a solidão e a raiva inerentes a ele.

Com uma linguagem precisa e detalhes devastadores em cada capítulo, Chimamanda junta a própria experiência com a morte de seu pai às lembranças da vida de um homem forte e honrado, sobrevivente da Guerra de Biafra, professor de longa carreira, marido leal e pai exemplar.

Em poucas páginas, Notas sobre o luto é um livro imprescindível, que nos conecta com o mundo atual e investiga uma das experiências mais universais do ser humano. “Era tão próxima do meu pai que sabia sem querer saber, sem saber inteiramente o que sabia. Uma coisa dessas, temida durante tanto tempo, finalmente chega, e na avalanche de emoções vem também um alívio amargo e insuportável. Esse alívio se torna uma forma de agressão, e traz consigo pensamentos estranhamente insistentes. Inimigos, atenção: o pior aconteceu. Meu pai se foi. Minha loucura agora vai se revelar.”

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

© Entre Livros e Personagens – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in